A desidratação ocorre quando o corpo usa ou perde mais líquido do que o ingerido. Quando isso acontece, seu corpo tem dificuldades para realizar suas funções normais. Se você não repõe os líquidos que são utilizados ou perdidos, ocorre a desidratação.

Água é o elemento essencial da vida. Nosso corpo é praticamente composto por água, sendo assim é importante manter os níveis desse importante elemento sempre no ideal, mas se por alguma eventualidade isso não acontece uma doença que pode ser avassaladora aparece, a desidratação.

De acordo com o nível de água no organismo a desidratação é classificada em leve, moderada e grave. Exames de sangue e fezes podem ajudar a precisar melhor o disgnóstico.

Como principais sintomas da desidratação podemos destacar:

  • Dor de cabeça;
  • Sonolência,
  • Tontura;
  • Fraqueza;
  • Cansaço;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Em casos mais graves convulsão, coma e morte.

Desidratacao

 

Bebês e crianças

Bebês e crianças são especialmente vulneráveis por causa do baixo peso corporal e alta rotatividade de água e eletrólitos. Eles também são o grupo mais propenso a sofrer de diarreia.

Idosos e pessoas na meia idade

Conforme você envelhece, se torna mais suscetível à desidratação por várias razões: a capacidade do organismo para conservar a água é reduzida, o senso de sede torna-se menos aguçado, e há uma menor capacidade de responder às mudanças de temperatura. Além do mais, pessoas idosas que vivem em casas de repouso ou sozinhas tendem a comer menos do que as pessoas mais jovens e às vezes podem se esquecer de comer ou beber tudo que necessitam no dia. Deficiência ou negligência também pode impedi-los de estar bem nutridos. Estes problemas são agravados por doenças crônicas, como diabetes, demência e pelo uso de certos medicamentos.

A cura para a desidratação é muito simples, basta tomar água, se hidratar. Tomar no mínimo dois litros de água por dia é a principal dica para tratar e prevenir essa doença. Além disso, usar e abusar de sucos naturais também ajudam, além de auxiliar em outras funções do organismo. Outra dica importante é usar roupas leves e não praticar atividade física em períodos em que o ar está muito seco e o calor é mais intenso, isso acelera o processo de perda de líquidos do corpo.

desidratacao

 

Esse artigo pertence à categoria Cuidados com a Saúde, Nutrição.

Deixe uma resposta

Notice!

Favor ativar os widgets na barra inferior!