É comum chegar à academia e ouvir comentários sobre os suplementos. Muitas pessoas ainda têm a visão de que eles são anabolizantes que fazem o corpo “crescer” ou que podem trazer malefícios à saúde. Porém, eles nada mais são que complementos alimentares que cobrem a carência de nutrientes que faltam no organismo, mesmo com uma dieta balanceada. Seja nas versões em pó ou em cápsulas, os suplementos trazem benefícios, como a perda de peso, o controle do colesterol e o ganho de massa muscular.

Os suplementos são itens que fazem parte da vida dos atletas por serem um reforço alimentar que supre deficiências nutricionais. Para quem não é competidor, mas quer inseri-los na alimentação, ele não é um vilão como aparenta. Eles são um complemento positivo na dieta de qualquer pessoa, independente se ela malha ou não. Quem tem anemia, por exemplo, se beneficia com suplementos a base de ferro. Contudo, é recomendado que eles sejam ingeridos na hora da refeição, pois o organismo absorve melhor os nutrientes.

O uso de suplementos alimentares não tem a ver apenas com a busca por um padrão físico ou aumento da massa muscular — tem a ver com saúde.

Quem pode consumir suplementos?

No geral, os suplementos são indicados para aqueles que precisam de calorias para gasto de energias. Consumir a quantidade indicada por um profissional ainda previne doenças e ajuda quem tem problema de falta de apetite. O outro lado da moeda é que, ingeri-los sem necessidade, pode elevar os riscos de hipertensão e pode contribuir para o ganho de peso. Da mesma forma que pular refeições não é saudável, substituir uma refeição pelo suplemento também não é. Não bote toda a fé no produto, pois ele precisa de auxílio para ter efeito.

Atrelado às atividades físicas, os suplementos ajudam a melhorar a boa forma. Eles são uma ótima fonte de energia que dá aquele pique para levantar peso, e os nutrientes atuam no ganho de massa muscular e na perda de gordura. Porém, quem pretende incluir os suplementos na dieta é importante consultar um nutricionista para saber o quanto precisa consumir por dia, sem cair na tentação dos exageros que podem fazer mal.

Tipos de suplementos alimentares:

  1. Suplementos proteicos: são utilizados por atletas para auxiliar na formação muscular. Formados por compostos de aminoácidos, aumentam a massa muscular e diminuem o índice de lesão.Um exemplo é o conhecido Whey Protein.
  2. Suplementos termogênicos: por aumentarem a temperatura do corpo, aceleram o metabolismo e são essenciais no processo de emagrecimento. Mais suor, menos peso! Boas opções são o Lipolin e o Redulin.
  3. Suplementos hipercalóricos: equivalendo a uma refeição completa, são compostos por carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e possuem um alto teor de calorias.
  4. Suplementos vitamínicos e minerais: são utilizados para suprir a carência de nutrientes no organismo, como zinco, ferro e algumas vitaminas. Se usados da maneira correta, possuem vários benefícios para a saúde. A linha VitaVale traz várias opções de suplementos vitamínicos naturais e de qualidade.

Whey Protein

Um dos mais conhecidos suplementos usa a alta ingestão de proteína a favor dos atletas. O Whey Protein é o mais indicado por personal trainers por ter um baixo índice de gorduras e de carboidratos, sendo ideal para potencializar a recuperação muscular de forma saudável.

Ao contrário do que muitos pensam, ele não engorda: sua dose proteica pós-treino é destinada ao músculo, sendo que o corpo consome calorias para as demais atividades metabólicas enquanto a estrutura muscular se recupera.

Com isso, os músculos se tornam mais fortes e mais resistentes para treinos mais intensos. A ingestão, assim, proporciona o aumento da força muscular, o ganho de massa magra.

Creatina

Produzido naturalmente pelo fígado e pelo pâncreas, a creatina é uma substância composta por três aminoácidos (glicina, arginina e metionina) que é armazenada nas células musculares. Ela é gasta durante a prática de atividades físicas, fornecendo mais resistência e energia.

Ela também pode ser obtida através da alimentação, em carnes vermelhas, aves e peixes. Quando usada como suplemento, ela oferece uma dose extra de disposição e força para a realização dos treinos, ajudando o corpo a se manter ativo por mais tempo e minimizando a sensação de cansaço.

Suplementos de BCAA

As proteínas são as substâncias essenciais para a formação e recuperação dos músculos. Porém, isso não significa que ingerir suplementos proteicos é a única maneira de potencializar os ganhos de massa magra.

O corpo humano é capaz de sintetizar naturalmente proteínas, sendo que cerca de um terço dessa produção é feita a partir de aminoácidos de cadeia ramificada, conhecidos como BCAA (sigla em inglês para Branched Chain Amino Acids). Por isso, a ingestão de suplementos de BCAA é capaz de fornecer mais energia para o corpo, ajudar na recuperação celular e acelerar e potencializar o ganho de massa magra.

Há diversas opções de suplementos no mercado. Porém, a compra desavisada e o consumo exagerado sem acompanhamento médico, podem render sintomas nada agradáveis, como excesso de suor, insônia e aceleramento do batimento cardíaco. É comum adquiri-los na academia ou comprá-los de algum colega de musculação, mas é importante que haja uma consulta a um profissional para que a versão correta seja destinada a você.

suplementoseacademia

 

Esse artigo pertence à categoria Suplementos.

Deixe uma resposta

Notice!

Favor ativar os widgets na barra inferior!