Bula

Roxflan - Bula do remédio

Roxflan com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Roxflan têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Roxflan devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Laboratório

Merck

Referência

Anlodipino

Apresentação de Roxflan

compr. 5 ou 10 mg cx. c/ 20 un.

Contra-indicações de Roxflan

O produto é contra-indicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade às dihidropiridinas, ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Roxflan

Em estudos clínicos placebo-controlados envolvendo pacientes com angina ou hipertensão, os efeitos colaterais mais comumente observados foram: dor de cabeça, edema, fadiga, sonolência, náusea, dor abdominal, rubor, palpitações e tontura. Os efeitos menos comumente observados incluem: prurido, rash, dispnéia, astenia, cãibras muscu-lares, dispepsia, hiperplasia gengival e, raramente, eritema multiforme. Como os demais bloqueadores do canal de cálcio, os seguintes eventos adversos foram relatados raramente, e não podem ser distinguidos da história natural da doença de base: infarto do miocárdio e dor toráxica. Não foram observados quaisquer tipos de anormalidades clinicamente significativas nos testes laboratoriais relacionados ao anlodipino.

Roxflan - Posologia

No tratamento da hipertensão e angina, a dose inicial usual é de 5 mg (1 comprimido) uma vez ao dia, podendo ser aumentada para uma dose máxima de 10 mg, dependendo da resposta individual do paciente. Não é necessário ajustar a dose do anlodipino na administração concomitante com diuréticos, betabloqueadores e inibidores da ECA.