Curativos – Cuidado sempre!

15/03/2017 0 Por cliquefarma

Quando nos machucamos o corpo humano dispara diversos alertas indicando que uma região precisa de cuidados. É como se fosse uma máquina que quando tem problemas dispara um alerta para ser consertada. Só que dependendo do tamanho do machucado não dá pra deixa-lo desprotegido, como a região fica exposta germes e bactérias podem atacar e transformar um simples machucado em uma infecção séria. Por isso o uso do curativo é essencial, e por ser tão importante hoje vamos falar sobre ele e a importância de utiliza-los quando se machucar.

No entanto, o curativo é um meio terapêutico que consiste na limpeza e aplicação de cobertura estéril em uma ferida com a finalidade de promover a rápida cicatrização e prevenir a contaminação de tecidos internos por microorganismos da pele e meio ambiente.

 

Objetivos dos Curativos

O principal é o de estabelecer uma barreira artificial entre a lesão e o ambiente. O Curativo isolará parcialmente a ferida, sem a perfeição do tecido natural, e minimizará o contato com materiais e organismos infectantes. O Curativo será auxiliar na prevenção de novos traumas. Proporcionará conforto ao paciente, facilitando inclusive a correta cicatrização. Em casos de Curativos compressivos ele auxiliará a hemostasia (estancamento de hemorragias) e no fechamento dos vasos periféricos. Absorverá ainda as secreções exsudativas da pele em recomposição, que em situações desfavoráveis fornecem nutrientes para bactérias e fungos, agentes potencialmente patogênicos.

Aparência e Trocas dos Curativos

Os curativos devem ter aparência limpa, sem sujidades ou acúmulo de secreções (salvo exceções), devem ser feitos com material asséptico, hipoalogenosos e promover a correta ventilação da ferida para facilitar a cicatrização. Curativos com aspecto sujo, muito úmido por secreção ou molhagem devem ser avaliados e a troca do curativo, quando for o caso, providenciada. Em alguns casos o Curativo deve permanecer úmido, nesse caso devemos seguir a orientação da equipe de saúde. Em alguns casos, quando há a aplicação de medicamento tópico, o Curativo deve ser substituído com a freqüência indicada pela equipe de saúde, sendo a aplicação do medicamento a cada troca feita sob prescrição da equipe.

Algumas ações precisam ser tomadas antes para que esse processo se conclua com eficiência. Veja alguns deles abaixo:

  • O local do machucado precisa ser lavado suavemente com água e sabão neutro para que a região fique livre de microrganismos;
  • É essencial que o curativo seja trocado a cada 24hrs para que não haja problemas com sujeira no local. Na maioria dos casos a troca é feita sempre após o banho;
  • É recomendável, dependendo do machucado, que a a pessoa fique de repouso e tenha pouco contato externo.
O mercado oferece diversas opções de curativos, cada um para uma situação específica tratando desde pequenos machucados até grandes lesões. É importante salientar que dependendo do caso um médico precisa ser consultado imediatamente já que algumas lesões podem não ser somente superficiais.
curativo