Mau hálito, como prevenir?

29/06/2017 0 Por cliquefarma

O mau hálito, também conhecido como halitose, é normalmente causado por maus hábitos de higiene bucal, infecções que ocorrem na boca, pelo tabagismo e o consumo de álcool, ou pelo consumo de alimentos muito condimentados, por exemplo. Outras causas incluem boca seca, infecções do trato respiratório, doenças sistêmicas como diabetes, doenças no rim, fígado e pulmão e problemas gastrointestinais, que podem incluir refluxo ácido e outros problemas de digestão estomacal.

Ficar sem comer por longos períodos ou ingerir alimentos “errados” excessivamente pode causar halitose. E a má alimentação é a terceira causa mais comum de mau hálito, isso inclui pular refeições ou ficar mais do que quatro horas sem comer.

Ocorre que ficar muito tempo de estômago vazio leva à hipoglicemia (queda de açúcar no sangue). Para evitar que isso aconteça em larga escala, o organismo começa a queimar gordura para preservar a glicose e manter a obtenção de energia necessária para a sobrevivência. Essa queima de gordura produz ácidos graxos que escapam durante as trocas gasosas em nível pulmonar, comprometendo a qualidade do hálito.

Causas

As causas mais comuns do mau hálito são as de origem bucal (90 a 95% dos casos). Dentre elas, podemos citar a língua saburrosa e as doenças da gengiva quando não tratadas.

A saburra lingual é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada localizada no dorso posterior (fundo) da língua, que se forma basicamente quando estamos frente a uma diminuição da produção de saliva.

As doenças da gengiva, bem como várias outras causas de alteração do hálito podem incluir:

  • Dentes semiinclusos
  • Excessos de tecido gengival
  • Feridas cirúrgicas
  • Cárie aberta e extensa
  • Próteses mal adaptadas
  • Abscessos
  • Estomatites
  • Miíase
  • Cistos dentígeros
  • Câncer de boca.

Todos os casos podem ser facilmente identificados e tratados (ou encaminhadas para tratamento) por um cirurgião dentista experiente.

Medicamentos também são vilões

O uso de medicamentos para emagrecer também contribui para o mau hálito. Os remédios para emagrecer produzem alterações na composição e na quantidade de saliva. Eles geram a redução do fluxo salivar, aumentando a descamação da mucosa bucal e o acúmulo de bactérias no dorso na língua. Dessa forma, produzem uma camada amarela esbranquiçada conhecida como saburra lingual, que é uma das causas mais frequentes do mau hálito.

Escove e passe fio dental nos dentes regularmente

Para o melhor resultado, escove seus dentes pelo menos três vezes ao dia, e passe o fio dental pelo menos uma vez ao dia. Isso deve remover a comida e as bactérias presas entre os dentes e a linha da gengiva.

Limpe sua língua

Escovar e passar fio nos dentes geralmente não basta. A língua também é um viveiro de bactérias, células mortas e restos de comida. Use sua escova de dentes para escovar a língua, ou use um limpador de língua.

Hidrate-se com frequência

Uma boca seca acontece quando não há saliva o bastante. Isso geralmente acontece quando você dorme e acorda com um “hálito matinal”. Mas isso pode ocorrer a todo momento do dia. A saliva é necessária para ajudar a limpar a boca e lavar as partículas de comida.

Beba muita água ao longo do dia para ajudar a estimular a produção de saliva.

Cuidado com o que come

É fácil evitar comer comidas que tendem a ser as principais culpadas do mau hálito, mas você também deve estar alerta para sua dieta. Dietas ricas em proteínas e baixas em carboidratos podem ser boas para sua saúde, mas deixam um mau odor na sua boca. Não comer carboidratos o suficiente pode fazer seu corpo queimar gordura ao invés de açúcar e, então, provocar o mau hálito.

Visite seu dentista

Se você já praticou bons hábitos de cuidados bucais e ainda assim tem mau hálito, pode ser hora de visitar seu dentista e checar se seu hálito está sendo causado por algum problema mais sério.

Praticar boa higiene bucal é essencial se você quer evitar e curar o mau hálito. Use algumas das dicas acima e vai estar no caminho certo para ter um hálito mais fresco.

* Artigo fornecido pela Colgate-Palmolive.

Quando ir ao médico?

Apesar de não ser uma causa frequente o mau hálito também pode ser causado por graves problemas de saúde como o câncer e, por isso, se o mau hálito permanece mesmo seguindo estas dicas é aconselhada uma consulta médica para realizar exames a fim de identificar o que está causando a halitose e, após ir ao dentista pode ser necessário ir ao gastroenterologista ou ao otorrinolaringologista.

mauhalito