O que é Celulite

O que é Celulite?

24/08/2021 0 Por cliquefarma

Se você possui alguns furinhos, principalmente na parte das coxas, provavelmente você tem celulite. Mas não se preocupe, esse é totalmente normal, cerca de 90% das mulheres e até mesmo alguns homens possuem celulite.

A celulite não é um problema em si, causa apenas incômodo estético para algumas mulheres hoje em dia, pois algumas pessoas consideram ela como uma imperfeição do corpo. Mas nem sempre foi assim!

Há muito tempo atrás ela era era retratada em quadros de artistas famosos, destacando a beleza das mulheres da época. Foi apenas no início dos anos de 1900 que os franceses começaram a destacar a celulite como uma imperfeição, propagando essa ideia pelo mundo todo, até as mulheres acreditarem que isso era um problema.

Desde então, as pessoas têm enxergado a celulite como algo feio e imperfeito. Infelizmente algumas mulheres ficam até mesmo com a autoestima baixa por conta dela.

Se ela te afeta dessa forma, existem tratamentos que você pode recorrer para diminuir a celulite. Tenha em mente que o mais importante é você se sentir bem com si mesma. Então se é algo que te incomoda e te faz sentir mal, você pode procurar ajuda disponível.

Além dessa celulite que conhecemos, que geralmente aparecem nas pernas como furinhos, existem outros tipos de celulites que poucos de nós conhecemos. Essas sim são problemas que precisam ser cuidados, pois tratam-se de infecções bacterianas. Mas vamos ver mais detalhes sobre isso logo à frente.

Desenvolvemos esse artigo para te ajudar a entender mais principalmente sobre a celulite estética, você vai ver o que pode causar isso, e como prevenir. Além disso, vamos te ajudar a conhecer alguns tratamentos disponíveis para amenizar a celulite. E para não restar nenhuma dúvida, vamos também explanar mais um pouco sobre os outros tipos de celulite.

Quais os sinais da celulite

Muitas pessoas acham que a celulite é a gordura em si, mas não é bem assim. A celulite na verdade se refere a aparência deixada na pele quando o tecido adiposo, pressiona as faixas fibrosas, chamadas de septos, que conectam a pele ao músculo. 

Mesmo que o tecido adiposo esteja envolvido nesse processo, a celulite não é um sinal de excesso de gordura. Na verdade, a celulite é um problema estrutural.

A maioria das pessoas, principalmente as mulheres, sabem como é a aparência da celulite por fora. A celulite geralmente é comparada a uma casca de laranja, pois possui uma aparência ondulada e irregular. As covinhas ou furinhos na pele podem ser espalhados e pequenos ou pode ser também um recorte maior na região atrás das coxas e nádegas.

Então, como é a celulite por dentro? Você pode imaginar a celulite como um monte de pequenos balões de gordura presos entre camadas de tecido conectadas por grandes elásticos.

Sob as camadas superiores da pele (epiderme e derme), as células de gordura armazenam o excesso de energia. Pequenas faixas de tecido conjuntivo correm verticalmente entre essas células de gordura e conectam as camadas superiores da pele aos tecidos mais profundos do corpo. As bandas criam câmaras ou mini bolsos onde células de gordura residem.

Mas quando as células de gordura se expandem, as câmaras ficam mais apertadas e começam a inchar, criando uma pequena protuberância na parte superior da pele. As bandas, no entanto, permanecem presas ao tecido mais profundo e isso cria uma aparência de “vale” na parte superior da pele. A combinação de protuberâncias e vales na parte superior da pele cria ondulações que chamamos de celulite.

Em alguns ambientes clínicos, a aparência de sua celulite pode ser avaliada. Existem três graus de aparência da celulite:

  • Grau 1: Você tem uma pele lisa ao deitar e em pé.
  • Grau 2 : Você tem uma pele lisa ao se deitar, mas algumas covinhas aparecem quando está de pé.
  • Grau 3 : As ondulações aparecem enquanto você está de pé e deitado.

Por que surge a celulite: Conheça as principais causas!

Vários fatores como sexo, idade e estilo de vida podem estar ligados ao desenvolvimento de celulite. Mas, visto que esse é um problema estrutural, as causas não são muito claras para os especialistas.

Mesmo assim, algumas coisas podem afetar a sua predisposição estrutural, fazendo com que mais celulite se desenvolva. Sendo assim, vamos ver algumas das coisas que podem te afetar nesse sentido, causando mais celulites.

Ficar sentado por muito tempo

Especialistas relatam que ficar sentado por muito tempo pode modificar as estruturas do tecido adiposo e consequentemente resultar em um aumento de celulite.

Se você trabalha sentado e fica nessa posição durante todos os dias e por várias horas, tente levantar algumas vezes no dia e fazer uma caminhada curta, para que esse efeito seja revertido.

Falta de músculo

A falta de músculo pode deixar a pele flácida e aumentar a visibilidade da celulite. Mesmo pessoas magras que não possuem massa muscular suficiente, podem apresentar celulite.

Desenvolver músculos nas regiões que a celulite te incomoda, pode te ajudar a esconder os furinhos que te incomodam e evitar que surjam em outros lugares.

Dieta pobre

Ter uma dieta rica em alimentos refinados e processados, mas pobre em nutrientes, pode estimular o surgimento de celulite, ou fazer com que as que você já possui fiquem mais visíveis.

A pele é o maior órgão de desintoxicação do corpo e uma dieta carregada de produtos químicos e impurezas tentará a excreção parcial através da pele, onde as toxidades e os metabólitos podem se agrupar nos tecidos, causando a celulite.

Inflamação

O corpo pode entrar em processos inflamatórios devido a intolerância alimentar, estresse, má nutrição e estresse oxidativo. Os processos inflamatórios causados por essas coisas podem causar o aumento da celulite.

Quando o corpo está inflamado, o inchaço celular é a principal consequência. O inchaço celular por sua vez, faz com que a celulite se torne ainda mais visível.

Permanecer em posições estáticas

Ficar muito tempo sentado ou muito tempo em pé pode afetar o fluxo natural do sistema circulatório. Quando ficamos parados por muito tempo em uma posição, o corpo redireciona as vias de circulação para aliviar o estresse em lugares críticos.

Esse redirecionamento por sua vez pode aumentar a celulite, pois essa parte do tecido tem menos suprimento de sangue do que o natural e menor nível de hidratação do que o tecido normal.

Desidratação

A maior parte do nosso corpo é composta de água. Sendo assim, a falta de água desempenha um grande papel em problemas que surgem no nosso corpo. No caso da celulite não seria diferente.

Não beber água o suficiente pode causar o aumento de toxinas no tecido adiposo, que seriam eliminadas com uma hidratação adequada. Quando essas toxinas se acumulam no tecido, acaba afetando a estrutura dessa região, aumentando o aparecimento de celulite.

Além disso, a desidratação também deixa a pele mais fina, fazendo com que a celulite se torne ainda mais visível.

Ingestão excessiva de sal

O sal em excesso causa inchaço, o que já sabemos que afeta a qualidade da pele, expondo as celulites.

Sendo assim, se a celulite te incomoda, tente reduzir o sal da sua dieta e aumente a ingestão de água para reduzir a quantidade de sal presente no organismo e consequentemente diminuir o inchaço causado pelo sódio.

Fazer isso, vai te proporcionar benefícios não só estéticos, mas a sua saúde em geral vai agradecer.

Efeito ioiô

Existem muitas dietas que prometem te fazer emagrecer de forma bem rápida. Mas em contrapartida essas dietas fazem com que você logo depois também engorde rápido. Então isso acaba se tornando um círculo vicioso de perda e ganho de peso. Esse processo é chamado de efeito ioiô.

O colágeno em nossa pele não foi feito para esticar e encolher várias vezes. Sendo assim, emagrecer e engordar várias vezes pode acabar afetando a qualidade da nossa pele deixando a celulite mais exposta. Além disso, o efeito ioiô também pode causar estrias.

Alta exposição ao sol

Vimos que a idade pode ser um fator que contribui para o surgimento de celulite, pois a estrutura do corpo muda com o tempo e com os fatores externos.

O sol é uma das coisas que pode contribuir para o envelhecimento precoce da pele. Quando ficamos expostos ao sol por muito tempo, a pele fica mais sensível e mais velha, fazendo com que a celulite fique mais visível.

Você pode evitar o envelhecimento precoce da sua pele, causado pela exposição ao sol por usar protetor solar diariamente.

Genética

Às vezes pode parecer que não importa o que você faça, a celulite permanece no mesmo lugar, firme e forte. Quando isso acontece é porque a celulite está no seu DNA. O pior de tudo é que o fator genético é muito comum, visto que 80 a 90 por cento das mulheres possuem celulite.

Então se alguém da sua família possui celulite, é bem provável que você tenha herdado isso. Se as pessoas da sua família não possuem celulite, você pode evitá-las por ter um estilo de vida saudável.

Alimentos processados

Alimentos processados costumam ser ricos em sódio e açúcar. Ambas as substâncias causam processos inflamatórios no corpo, que por sua vez causa inchaço. O inchaço faz com que a celulite fique mais visível na pele.

Sendo assim, opte por comida de verdade, como frutas e verduras. Evite alimentos processados se você quiser deixar a celulite menos visível.

Excesso de álcool

O álcool em si não causa a celulite, mas o excesso de bebidas alcoólicas pode contrair os vasos sanguíneos presentes na pele, deixando a celulite mais visível.

Além disso, o excesso de álcool causa retenção de líquidos, o que também causa inchaço no corpo todo, mas principalmente nas áreas que costumam ser afetadas pela celulite, deixando-as mais visíveis ainda.

Hormônios

Os hormônios desempenham um papel importante no aparecimento da celulite nas mulheres à medida que envelhecem. Quando seus corpos começam a produzir menos estrogênio, isso leva a uma circulação mais pobre, uma diminuição na produção de novo colágeno e a quebra do tecido conjuntivo mais antigo.

O que é Celulite

Roupa justa

Se você usa roupas justas ocasionalmente, não precisa se preocupar, pois isso não vai deixar você com celulite. Mas se você tem o hábito de usar roupas muito justas, isso pode acabar afetando a circulação e limitando o fluxo sanguíneo. Esse processo pode levar ao surgimento de celulite.

Tratamento para celulite

A celulite é uma condição que não pode ser revertida totalmente. Os tratamentos disponíveis para celulite ajudam apenas a deixar as marcas menos perceptíveis.

Alguns desses tratamentos você pode fazer em casa, mas outros tratamentos devem ser feitos apenas por um profissional habilitado.

Loções e cremes

Produtos que contém cafeína retinol e outros ingredientes à base de plantas podem ajudar a suavizar a sua pele para minimizar o aparecimento de celulite. Existem muitos produtos disponíveis que prometem ajudar na redução da celulite.

Uma pesquisa recente que comparou diferentes tratamentos com cremes e loções para celulite, descobriu que os produtos tópicos disponíveis possuem apenas efeito temporário e parcial. A pesquisa não conseguiu encontrar nenhum produto que elimine completamente a celulite.

Porém outro estudo garantiu que alguns produtos de uso tópico podem ajudar a promover uma melhor elasticidade da pele, deixando a celulite menos visível, principalmente quando esses cremes são combinados a mudanças na dieta.

Dispositivos de massagem

Algumas pessoas usam certas técnicas em casa como massagem e escovação a seco na tentativa de se livrar da celulite. Algumas ferramentas que fazem isso, afirmam que a estimulação manual da pele ajuda a impulsionar a circulação, estimulando a drenagem linfática. Esse estímulo danifica o tecido adiposo, promovendo uma pele mais lisa.

Mas isso funciona? Nenhuma pesquisa conseguiu descobrir se tratamentos assim fazem realmente a diferença. Por isso, mais pesquisas são necessárias para comprovar a eficácia desse tipo de tratamento.

Endermologia

Semelhante aos dispositivos de massagem usados em casa, a endermologia é um tipo de dispositivo de massagem que pode ser usado em um ambiente médico para tratar a celulite. A máquina que faz a massagem também pode rolar e sugar a pele para reduzir o aparecimento dela. A pele é manipulada massageando, rolando e sugando para mudar a estrutura da pele.

O processo não é invasivo e está amplamente disponível. Esse tratamento é mais barato do que muitos outros tratamentos.

Alguns pacientes consideram o tratamento desconfortável. Os resultados não são permanentes, portanto, tratamentos contínuos são necessários.

Radiofrequência

Muitas mulheres recorrem à radiofrequência para reduzir a celulite. Às vezes, a radiofrequência é combinada com outros métodos, como luz infravermelha, sucção ou massagem, para tornar o tratamento mais eficaz.

A radiofrequência fornece calor a partir da corrente elétrica. Acredita-se que a radiofrequência altere a produção de colágeno para enrijecer a pele e ajudar a quebrar as células de gordura que produzem ondulações.

As pessoas que recebem tratamentos de radiofrequência geralmente acham que os tratamentos são completamente indolores ou apenas ligeiramente desconfortáveis. Os tratamentos não são invasivos, portanto, não há tempo de inatividade e você pode retomar as atividades normais após a conclusão do procedimento.

Dependendo do tratamento que você escolher, você pode precisar de 4 a 10 sessões ou mais. Os resultados finais podem não ser totalmente visíveis até 3-6 meses após a última sessão e não são permanentes. A maioria dos médicos recomenda que você retorne a cada 12 meses para tratamentos de manutenção.

Tratamentos a laser

Os tratamentos minimamente invasivos a laser ou à base de luz ajudam alguns pacientes a endurecer a pele e a se livrar da celulite.

No tratamento a laser seu médico insere um dispositivo a laser minúsculo e fino sob a pele depois que ela é anestesiada. Dependendo do tipo de laser usado, ele pode desconectar as fibras tensas que criam uma aparência ondulada ou derreter a gordura que cria a protuberância. Qualquer um dos métodos ajuda a apertar a pele para criar uma superfície lisa.

Você só precisará de um tratamento por área para obter os resultados desses procedimentos, e nenhum tratamento de acompanhamento é necessário. O processo pode ser ligeiramente desconfortável, mas muitos pacientes acham que é tolerável. Alguns descrevem o tratamento como indolor.

Este é o tratamento mais caro para a celulite. Os tratamentos podem custar mais de 5000 reais por área. Além disso, você pode ficar com hematomas ou inchaço com esse procedimento.

O que é Celulite

Terapias por ondas de choque

Este tratamento não invasivo usa a energia das ondas de choque para melhorar a circulação e melhorar a elasticidade da pele. Essa terapia também é chamada de terapia por ondas acústicas ou terapia por ondas de choque extracorpórea.

As sessões, possuem duração de 20 minutos a uma hora, são administradas com pulso manual para quebrar as células de gordura e promover a circulação e a drenagem linfática.

As sessões são relativamente curtas e a maioria dos pacientes diz que se sente confortável. Porém, os resultados duram apenas de três a seis meses, após os quais é necessário acompanhamento. Algumas pessoas relatam vermelhidão temporária na área tratada.

Quais são os alimentos que causam celulite

Na maioria das vezes a celulite não está associada ao ganho de peso, mas em algumas situações o ganho de peso pode contribuir para o surgimento de celulite. Sendo assim, é muito importante manter uma dieta saudável para evitar que a celulite apareça ou se destaque ainda mais.

A seguir vamos apresentar alguns alimentos que podem de alguma forma influenciar no aparecimento de celulites.

Carboidratos

Carboidratos processados ​​especificamente, como bolos, cereais açucarados, doces e massas podem influenciar no aparecimento ou no aumento da celulite. Isso não acontece porque esses alimentos podem causar ganho de peso, mas porque eles também causam inflamação.

A inflamação pode fazer com que as células de gordura comecem a ficar maiores e também pode fazer com que o corpo retenha líquidos. Quando isso acontece, o tecido conjuntivo se rompe e a pele fica irregular.

Alimentos processados 

Alimentos como batatas fritas, assados, refrigerantes, misturas processadas e carnes também podem aumentar a inflamação. Esses alimentos também contêm altos níveis de açúcar, gordura e sal. Como carboidratos complexos, esses alimentos aumentam as células de gordura, retém líquidos e aumentam as toxinas.

Sal 

Embora o sal não tenha sido associado a causar celulite, ele pode causar retenção de líquidos, o que faz com que as áreas onduladas se destaquem ainda mais. Limite a ingestão de sal a 2.300 miligramas por dia, é o que recomendam os especialistas.

O que diminui a celulite? Conheça os alimentos que podem te ajudar!

Se você chegou até aqui esperando algum alimento milagroso que te ajude a eliminar a celulite, sinto te dizer mas isso não existe! O que existem são alimentos ricos em água e antioxidantes que de alguma forma ajudam a reduzir a celulite.

Açafrão

O açafrão contém ingredientes anti-inflamatórios que desestimulam o inchaço do organismo. Ao reduzir o inchaço do tecido adiposo a celulite fica menos visível sob a pele, dando uma aparência de pele mais lisa.

Amoras

Variedades escuras de frutas como amoras aumentam a produção de colágeno, estimulando o crescimento de novos tecidos da pele, e isso melhora a textura e o tom da pele.

As amoras também possuem antioxidantes, que podem reduzir a inflamação que torna a celulite mais aparente. Comer esses alimentos também pode ajudar a prevenir os sinais de envelhecimento, como secura e rugas.

Chocolate amargo

O chocolate amargo é uma boa fonte de nutrientes como magnésio e ferro. O cacau tem algumas pesquisas interessantes para apoiar o sistema cardiovascular, que é crítico para o fluxo sanguíneo em todo o corpo.

Quando o corpo possui um fluxo sanguíneo adequado, a estrutura que causa a celulite pode ser reduzida. 

Abacate

Os abacates são ricos em fibras e gorduras boas. A fibra ajuda o corpo a equilibrar os níveis de glicose e eliminar as toxinas que formam a celulite.

Água

A água ajuda a promover o processo natural de desintoxicação do corpo e a eliminar as toxinas. As células da pele (como todas as células) contêm uma grande quantidade de água. Manter as células da pele hidratadas equivale a células saudáveis. Células saudáveis, por sua vez, ajudam a deixar a celulite menos visível.

Salmão

Comer salmão e outros peixes gordurosos, como cavala, atum e sardinha, melhorará o estado geral e a aparência de sua pele. Isso tudo graças à variedade de nutrientes nos peixes. Altas quantidades de ácidos graxos ômega 3 ajudam a reduzir a inflamação, que pode afetar a aparência da sua pele.

Além disso, a vitamina D e a niacinamida no salmão podem reduzir o risco de câncer de pele e a niacinamida também ajuda a manter a pele hidratada.

Folhas verdes

Vegetais poderosos como couve e espinafre possuem magnésio e fibra nutritiva. Esses dois alimentos são embalados com luteína e zeaxantina, que ajudam a proteger e hidratar as células da pele e manter os danos à pele sob controle.

Melancia

O licopeno é um poderoso antioxidante que dá cor à melancia. O licopeno melhora a circulação sanguínea e pode ajudar a suavizar a celulite com o tempo. Embora o licopeno seja um antioxidante, ele ajuda a prevenir o envelhecimento e pode ajudar a combater doenças.

O alto teor de água da fruta de baixo teor calórico ajuda a hidratar a pele. Manter-se hidratado é a chave para combater o aparecimento da celulite.

O que é Celulite

Outras condições chamadas de celulite

Existem outras condições médicas que vão muito além do fator estético, chamadas de celulite. Essas condições são problemas sérios que precisam ser cuidados, pois algumas vezes podem levar à morte.

A celulite é uma infecção profunda da pele causada por bactérias. Geralmente afeta os braços e as pernas. Também pode se desenvolver ao redor dos olhos, boca e ânus ou na barriga.

A pele normal pode ser afetada pela celulite, mas isso geralmente ocorre depois que algum tipo de lesão causa uma fratura na pele, incluindo trauma ou cirurgia. Assim que a pele se rompe, as bactérias podem entrar e causar infecção.

O que é celulite Subcutânea

A celulite subcutânea, mais conhecida como celulite infecciosa, é uma infecção bacteriana da pele e do tecido subcutâneo (logo abaixo da pele). As bactérias mais comuns são estafilococos aureus e estreptococos beta-hemolíticos do grupo A. Essas bactérias penetram na pele normal ou rachada e podem se espalhar facilmente para o tecido sob a pele.

A celulite pode afetar quase qualquer parte do corpo. Mais comumente, ocorre na parte inferior das pernas e em áreas onde a pele está danificada ou inflamada. Qualquer pessoa, em qualquer idade, pode desenvolver celulite. No entanto, você corre um risco maior se fumar, tiver diabetes ou circulação insuficiente.

A celulite infecciosa pode se desenvolver rapidamente, por isso é muito importante procurar ajuda médica se você apresentar alguns dos sintomas a seguir:

  • Sensibilidade ou dor em uma área da pele
  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Vazamento de líquido ou pus em um local da pele
  • Febre

Antibióticos são usados ​​para tratar a infecção. Antibióticos orais podem ser adequados, mas na pessoa gravemente doente, antibióticos intravenosos serão necessários para controlar e prevenir a disseminação da infecção. Este tratamento é administrado no hospital. 

À medida que a infecção melhora, o médico pode mudar de antibióticos intravenosos para orais, que podem ser tomados em casa por mais uma semana a 10 dias. A maioria das pessoas responde aos antibióticos em dois a três dias e começa a apresentar melhora.

Em casos raros, a celulite infecciosa pode progredir para uma doença grave, espalhando-se para os tecidos mais profundos. Além de antibióticos de amplo espectro, às vezes é necessária cirurgia.

O que é celulite orbitária

A celulite orbitária, também conhecida como celulite ocular é também um tipo de celulite infecciosa. Esse tipo de celulite afeta os tecidos e a gordura que mantém o olho preso no seu devido lugar.

Essa celulite não é contagiosa e pode afetar pessoas de qualquer idade. Porém, o problema é mais comum em crianças menores.

A celulite orbitária é tratável, porém perigosa quando os cuidados necessários não são tomados rapidamente.

Algumas bactérias do tipo staphylococcus são as principais causadoras da celulite ocular, mas alguns fungos e outras espécies de bactérias também podem causar a condição.

Até 98 por cento de todos os casos de celulite orbitária começam como infecções bacterianas não tratadas dos seios da face, que se espalham por trás do septo orbital. O septo orbital é uma membrana fina e fibrosa que cobre a parte frontal do olho.

É muito importante procurar ajuda médica se você ou alguma criança próxima a você apresentar os seguintes sintomas:

  • Febre
  • Dor dentro ou ao redor do olho
  • Secreção no olho ou nariz
  • Dificuldade para abrir os olhos
  • Inchaço na região dos olhos

Visto que a celulite orbitária trata-se de uma infecção causada por bactérias, o seu tratamento ocorre por meio de antibiótico intravenoso, administrado em um hospital. Caso o antibiótico não resolva o problema, os médicos podem recorrer à cirurgia.

Geralmente os adultos que desenvolvem a celulite ocular são mais propensos a precisar de cirurgia do que as crianças.

O que é celulite periorbitária

A celulite periorbitária é bem parecida com a celulite orbitária. Ambas atingem a região dos olhos, a diferença é que a celulite periorbitária atinge a região das pálpebras, enquanto a orbitária atinge a região interna dos olhos.

Essa doença é principalmente pediátrica ocorrendo em crianças com 10 anos ou menos. Os sintomas da celulite periorbitária são muito parecidos com os sintomas da conjuntivite bacteriana e podem incluir:

  • Calor nos olhos
  • Dor
  • Inchaço

O tratamento da celulite orbitária também é feito com antibióticos. Mas é importante que esse medicamento seja sempre administrado com orientação médica.

Onde encontrar produtos para tornar a celulite menos visível

Voltando para o assunto de celulite estética, existem tratamentos que podem ajudar a amenizar a aparência das ondulações da celulite. É importante lembrar que antes de iniciar qualquer tratamento, seja ele tópico ou oral, é importante conversar com o seu dermatologista. 

Os tratamentos iniciais para amenizar a celulite geralmente são feitos com cremes ou loções para usar na região afetada pela celulite. Os preços desses produtos podem variar muito entre uma farmácia e outra, por isso é muito importante pesquisar os preços.

Para te ajudar na sua busca pelo melhor preço, experimente usar a ferramenta comparativa de preços da cliquefarma. Com essa ferramenta você encontra tudo o que precisa de forma prática e com preços que cabem no seu bolso!