Menor preço de Itrahexal 100 Mg Caixa 10 Capsulas você encontra no Cliquefarma

0 ofertas encontradas para Itrahexal 100 Mg Caixa 10 Capsulas

Itrahexal 100mg 15 Comprimido(s)

Princípio ativo: Itraconazol

Categoria: Medicamentos

Fabricante: Hexal

EAN: 7897595602817

Para que serve: Itrahexal? Antimicótico de uso oral, indicado para o tratamento de lesões ocasionadas por fungos.(Veja a Bula)

0 Ofertas encontradas a partir de R$ 0,00 até R$ 0,00

Ofertas Encontradas
Drogaria Nova Esperanca
Drogaria Nova Esperanca

Itrahexal 100mg Com 15 Capsulas na Drogaria Nova Esperanca.

FRETE GRÁTIS: para a cidade de São Paulo nas compras acima de R$ 50,00


Farmacia Mix
Farmacia Mix

Itrahexal 100mg Com 15 Capsulas na Farmacia Mix.

FRETE GRÁTIS: para a cidade de São Paulo nas compras acima de R$ 50,00


Itrahexal 100mg 4 Comprimido(s)

Princípio ativo: Itraconazol

Categoria: Medicamentos

Fabricante: Hexal

EAN: 7897595602800

Para que serve: Itrahexal? Antimicótico de uso oral, indicado para o tratamento de lesões ocasionadas por fungos.(Veja a Bula)

0 Ofertas encontradas a partir de R$ 0,00 até R$ 0,00

Ofertas Encontradas
Drogaria Nova Esperanca
Drogaria Nova Esperanca

Itrahexal 100mg Com 4 Capsulas na Drogaria Nova Esperanca.

FRETE GRÁTIS: para a cidade de São Paulo nas compras acima de R$ 50,00


Farmacia Mix
Farmacia Mix

Itrahexal 100mg Com 4 Capsulas na Farmacia Mix.

FRETE GRÁTIS: para a cidade de São Paulo nas compras acima de R$ 50,00


Itrahexal 100 Mg Caixa 10 Cápsulas

Categoria: Medicamentos

EAN: 7897595605771

0 Ofertas encontradas a partir de R$ 0,00 até R$ 0,00

Ofertas Encontradas
Drogaria Nova Esperanca
Drogaria Nova Esperanca

Itrahexal 100mg Com 10 Capsulas na Drogaria Nova Esperanca.

FRETE GRÁTIS: para a cidade de São Paulo nas compras acima de R$ 50,00


Farmacia Mix
Farmacia Mix

Itrahexal 100mg Com 10 Capsulas na Farmacia Mix.

FRETE GRÁTIS: para a cidade de São Paulo nas compras acima de R$ 50,00


Itrahexal

ATENÇÃO: O texto abaixo deve ser utilizado apenas como uma referência secundária. É um registro histórico da bula, rótulo ou manual do produto. Este texto não pode substituir a leitura das informações que acompanha o produto, cujo fabricante podem mudar a formulação, recomendação, modo de uso e alertas legais sem que sejamos previamente comunicados. Apenas as informações contidas na própria bula, rótulo ou manual que acompanha o produto é que devem estar atualizadas de acordo com a versão comercializada porém, no caso de qualquer dúvida, consulte o serviço de atendimento ao consumidor do produto ou nossa equipe.


 

Indicação:

Para que serve Itrahexal? Antimicótico de uso oral, indicado para o tratamento de lesões ocasionadas por fungos.

 

Contra Indicação:

Quando não devo usar este medicamento? Contra-indicado a pacientes que apresentam hipersensibilidade conhecida ao produto. Deve ser
empregado a mulheres grávidas apenas em casos que coloquem a vida da paciente em risco e quando, nestes casos, o
benefício potencial supera os potenciais dano ao feto. Precauções contraceptivas adequadas devem ser tomadas por
mulheres com potencial de engravidar que estão utilizando o ItraHEXAL até o próximo período menstrual depois do
término do tratamento. Terfenedina, astemizol, cisaprida, quinidina, pimozida, inibidores da HMG-CoA redutase
metabolizados pela CYP3A4, tais como sinvastatina e lovastatina, triazolam e midazolam oral são contra-indicados com
itraconazol.

 

Posologia:

Como usar Itrahexal? Deve ser administrado imediatamente após uma refeição. as cápsulas devem ser ingeridas inteiras.

Candidíase vaginal - tomar 2 cápsulas (200 mg), pela manhã e a noite, por 1dia.

Ptiaríase versicolor - tomar 2 cápsulas (200 mg) uma vez ao dia, durante 5 dias.

Tinea corporis e tinea cruris - tomar 1 cápsula (100 mg), durante 15 dias.

Tinea pedis e tinea manuum - tomar 1 cápsula (100 mg), durante 15 dias.

Candidíase oral - tomar 1 cápsula (100 mg), durante 15 dias.

Ceratite micótica - tomar 2 cápsulas (200 mg), uma vez ao dia, durante 15 dias.

Onicomicose - tomar 2 cápsulas (200 mg), uma vez ao dia, durante 3 meses.

Pulsoterapia - 200 mg (2 cápsulas) duas vezes ao dia durante 7 dias. recomendam-se 2 pulsos para infecções das
Unhas das mãos e 3 pulsos para infecções das unhas dos pés. os tratamentos em pulso são sempre separados por
Intervalo de 3 semanas sem medicamento. a resposta clínica será evidente a medida que a unha crescer após a
Descontinuação do tratamento.

Micoses sistêmicas:
Aspergilose - tomar 2 cápsulas (200 mg), uma vez ao dia, durante 2 - 5 meses
Candidíase - tomar 1 - 2 cápsulas (100 - 200 mg), uma vez ao dia, durante 3 semanas - 7 meses.

Aumentar a dose para 2 cápsulas (200 mg) duas vezes ao dia em caso de doença invasiva ou disseminada.

Criptococose não meningeana - tomar 2 cápsulas (200 mg) uma vez ao dia, durante 2 meses - 1 ano.

Meningite criptocócica - tomar 2 cápsulas (200 mg) duas vezes ao dia, durante 2 meses - 1 ano.

Terapia de manutenção (casos meníngeos) 200 mg (2 cápsulas) uma vez ao dia.

Hitoplasmose - tomar 2 cápsulas (200 mg) uma vez ao dia / duas vezes ao dia, durante 8 meses.

Esporotricose - tomar 1 cápsula (100 mg), durante 3 meses.

Paracoccidioidomicose - tomar 1 cápsula (100 mg), durante 6 meses.

Cromomicose - tomar 1 - 2 cápsulas (100 - 200 mg), uma vez ao dia, durante 6 meses.

Blastomicose - tomar 1 cápsula (100 mg), uma vez ao dia / 2 cápsulas (200 mg) duas vezes ao dia, durante 6 meses.

 

Advertências:

O que devo saber antes de usar este medicamento?A administração de antiácidos deve ser feita pelo menos, 2 horas após a ingestão do
ItraHEXAL. Pacientes com acloridria, como certos pacientes com HIV e os recebendo supressores da secreção ácida,
recomenda-se administrar ItraHEXAL com bebida a base de cola. É recomendável monitorar a função hepática em
pacientes que receberam tratamento contínuo por mais de um mês e imediatamente nos pacientes que desenvolverem
sintomas sugestivos de hepatite tais como anorexia, náusea, vômito, fadiga, dor abdominal ou urina escura. Se os
resultados estiverem fora da normalidade, o tratamento deve ser interrompido. O tratamento não deve ser iniciado em
pacientes com enzimas hepáticas aumentadas ou doença hepática ativa, ou que experimentaram toxicidade hepática
com outros fármacos, a menos que os benefícios esperados excedam o risco de lesões hepáticas. Em tais casos, é
necessário o monitoramento das enzimas hepáticas. Em pacientes cirróticos e com insuficiência renal, um ajuste da dose
deve ser considerado. Em tratamentos prolongados recomenda-se acompanhamento laboratorial da contagem de células
sanguíneas totais, bem como avaliação dos parâmetros bioquímicos. Resultados de testes realizados mostram ligeiro
aumento da hemoglobina, hemáceas e hematócrito e uma ligeira diminuição do número de leucócitos. Se ocorrer
neuropatia que possa ser atribuída ao medicamento o tratamento deverá ser interrompido. Deve-se ter cuidado na
prescrição de ItraHEXAL a pacientes com hipersensibilidade a outros agentes azóis. Não deve ser usado em crianças, a
menos que os benefícios forem maiores que os riscos envolvidos e só deve ser empregado na gravidez nos casos de
micoses sistêmicas com risco de morte para a paciente e quando os benefícios esperados suplantarem o potencial dano
ao feto. Quantidades muito pequenas de itraconazol são excretadas no leite humano. Portanto, os benefícios esperados
com seu uso devem ser ponderados contra o risco potencial da amamentação. Em caso de dúvida, a paciente não deverá
amamentar.

Confira as novidades e preço de remédios nas nossas redes sociais:

Filtro

Tipo de Busca