Olcadil 1mg 20 Comprimido S - Bula

ATENÇÃO: O texto abaixo deve ser utilizado apenas como uma referência secundária. É um registro histórico da bula, rótulo ou manual do produto. Este texto não pode substituir a leitura das informações que acompanha o produto, cujo fabricante podem mudar a formulação, recomendação, modo de uso e alertas legais sem que sejamos previamente comunicados. Apenas as informações contidas na própria bula, rótulo ou manual que acompanha o produto é que devem estar atualizadas de acordo com a versão comercializada porém, no caso de qualquer dúvida, consulte o serviço de atendimento ao consumidor do produto ou nossa equipe.

Bula - Olcadil - 1mg 20 Comprimido(s)

Olcadil

ATENÇÃO: O texto abaixo deve ser utilizado apenas como uma referência secundária. É um registro histórico da bula, rótulo ou manual do produto. Este texto não pode substituir a leitura das informações que acompanha o produto, cujo fabricante podem mudar a formulação, recomendação, modo de uso e alertas legais sem que sejamos previamente comunicados. Apenas as informações contidas na própria bula, rótulo ou manual que acompanha o produto é que devem estar atualizadas de acordo com a versão comercializada porém, no caso de qualquer dúvida, consulte o serviço de atendimento ao consumidor do produto ou nossa equipe.


 

Indicação:

Para que serve Olcadil? Distúrbios emocionais, especialmente ansiedade, medo, fobias, tensão, inquietude, astenia e sintomas depressivos;
Distúrbios comportamentais, especialmente má adaptação social;
Distúrbios do sono, tais como dificuldade em dormir ou sono interrompido e despertar precoce;
Sintomas somáticos, funcionais de origem psicogênica, sentimentos de opressão e certos tipos de dores.

As condições nas quais estes sintomas ocorrem freqüentemente são:
Neuroses, estados reacionais crônicos, reações patológicas sub-agudas;
Distúrbios psicossomáticos dos sistemas cardiovascular, gastrintestinal, respiratório, muscular esquelético ou urogenital;
Reações afetivas devido a moléstias agudas ou crônicas;
Síndrome de abstinência ao álcool.

Outros empregos:
Pré-medicação anestésica;
Tratamento coadjuvante em psicopatia, retardo mental, psicoses, depressão endógena e psicogênica, distúrbios geriátricos.

 

Contra Indicação:

Quando não devo usar este medicamento? Estados comatosos ou depressão severa do sistema nervoso central; miastenia grave; história de hipersensibilidade a derivados benzodiazepínicos.

 

Posologia:

Como usar Olcadil? Dose inicial
Pacientes com distúrbios de grau leve ou moderado, 1 a 3 mg ao dia.

Pacientes com distúrbios de grau moderado ou severo, 2 a 6 mg ao dia.

As doses poderão ser fracionadas em 2 ou 3 tomadas diárias.

Dose de manutenção
As doses devem ser ajustadas progressivamente de acordo com a resposta terapêutica.

Para casos leves, de 2 a 6 mg, e para casos graves, de 6 a 12 mg ao dia, em doses fracionadas.

Uma acentuada melhora (após 2 a 6 semanas) deve permitir a redução gradual da posologia ou até a retirada completa do medicamento.

Pré-anestesia
São recomendados 0,1 mg/kg de peso corporal, uma ou duas horas antes da cirurgia, somente nos casos em que é possível a administração oral. Em casos de acentuada apreensão, a mesma dose poderá ser administrada na noite precedente à intervenção cirúrgica.

 

Efeitos Colaterais:

Quais os males que este medicamento pode me causar? Sedação, tontura e cefaléia podem ser verificadas com doses elevadas ingeridas de uma só vez. esses efeitos colaterais geralmente aparecem no início do tratamento, mas podem ser evitados pelo aumento gradual da dose, ou podem ser revertidos pela redução da mesma.

Hipotensão ortostática, hipotonia muscular ou ataxia são fenômenos raros.

 

Advertências:

O que devo saber antes de usar este medicamento?Especialmente em doses elevadas, OLCADIL, como todos os medicamentos de ação central pode comprometer as reações do paciente ( ex.: condução de veículos, operação de máquinas, etc).

As experiências animais não revelaram efeitos adversos no feto, mas ainda não há experiência disponível sobre o uso de OLCADIL em mulheres grávidas. OLCADIL não é recomendado durante a lactação.

Na presença de doença hepática ou renal, síndrome cerebral crônica ou glaucoma de ângulo fechado, os pacientes devem ser cuidadosamente monitorizados e, se necessário, a dose de OLCADIL deve ser reduzida.

Embora os benzodiazepínicos apresentem baixo potencial em causar dependência e não tenham sido relatados casos de criação de hábito com OLCADIL, deve-se ter cuidado ao prescrever o medicamento a pessoas com tendência ao vício.

 

Composição:

cloxazolam
Comprimidos 1 mg 2mg 4mg

 

Encontre aqui Olcadil - 1mg 20 Comprimido(s)

Quer receber ofertas exclusivas? Subscreva a nossa newsletter!
CliqueFarma

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.

Cliquefarma | CliqueFarma Drogarias Online Ltda. CNPJ 14.169.412/0001-64 | Farmacêutico Responsável: Dr. Rodrigo Singolani CRF/SP 25.429 | Rua Voluntários da Pátria, 2.820 - Conjunto 58 Cep: 02402-100 - São Paulo| Fale Conosco

Categorias