Transpulmin Mel Xarope Pediátrico 150ml na Drogao Super

Drogao Super
Drogao Super

Transpulmin Mel Xarope Pediátrico 150ml na Drogao Super.

No momento o produto Transpulmin Mel Xarope Pediátrico 150ml, está indisponível na Drogao Super.

Pesquisamos em 8 Fármacias e aqui está o melhor preço.


Confira os 5 melhores preços:

Transpulmin Mel Xarope Pediátrico 150ml

Drogaria Bifarma
Drogaria Bifarma


melhor preço

Melhor Preço Encontrado:

R$ 18,51

19,06% mais barato

Drogaria Nova Esperanca
Drogaria Nova Esperanca

R$ 18,98

Farmacia Mix
Farmacia Mix

R$ 18,98

Drogaria Lecer
Drogaria Lecer

R$ 18,99

Drogao Net
Drogao Net

R$ 19,79

Para que serve

Indicação Transpulmin bálsamo

Transpulmin bálsamo é destinado ao alívio temporário da congestão nasal e tosse associadas a gripes e resfriados.


Indicação Transpulmin supositório

Transpulmin supositório é uma medicação expectorante e mucolítica destinada ao tratamento sintomático da tosse com catarro (tosse produtiva).


Como o Transpulmin funciona?

Os componentes do Transpulmin bálsamo têm ação anti-inflamatória e mucolítica (fazendo a quebra do catarro), facilitando a limpeza nos órgãos respiratórios através da inalação de seus vapores. Estimulam a circulação do ar e a respiração, sendo de grande importância na expectoração de pacientes acamados. O guaiacol possui atividade expectorante mucolítica, fluidifica o catarro, tornando-o menos viscoso e mais “solto”. Dessa forma, o catarro é expelido de maneira mais fácil.

Contraindicação

Contra Indicação Transpulmin bálsamo

Transpulmin bálsamo é contraindicado para uso por pacientes alérgicos a um ou mais componentes do medicamento.


Contra Indicação Transpulmin supositório

Transpulmin supositório é contraindicado para uso por pacientes alérgicos a um ou mais componentes do medicamento.

Não deve ser utilizado em portadores de inflamações gastrintestinais e dos ductos biliares e litíase biliar (pedra na vesícula) e nos casos de portadores de doenças do fígado.

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos de idade.

Como usar

Posologia Transpulmin bálsamo

Adultos e crianças acima de 2 anos de idade:

Friccione 4cm de bálsamo sobre o peito e o dorso. Não aplique o bálsamo diretamente nas narinas ou no rosto. Repita 3 a 4 vezes ao dia ou segundo orientação médica

O limite máximo diário de administração do medicamento é de 4 aplicações por dia.


Posologia Transpulmin supositório

Antes de usar, coloque a cartela do supositório na geladeira por cinco minutos, conforme indicado na figura.

Instruções para separar e abrir o supositório

Introduzir 1 supositório via retal.

Crianças acima de 2 anos de idade:

1 a 2 supositórios por dia.

O limite máximo diário de administração do medicamento é de 2 supositórios por dia.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.


O que fazer quando eu me esquecer de usar o Transpulmin?

Retome o tratamento até o alívio dos sintomas.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgiãodentista.

Precauções

Apenas para uso externo. Evite o contato com os olhos. Não ingira ou aplique nas narinas.

Tosse persistente pode ser sinal de uma condição mais séria. Se a tosse ou outros sintomas ainda persistirem por mais de uma semana ou vierem acompanhados de febre, erupções cutâneas, dor de cabeça contínua ou dor de garganta, seu médico deverá ser consultado.

Consulte seu médico antes de utilizar este medicamento em casos de tosse persistente ou crônica causada por asma, fumo, bronquite crônica ou enfisema ou em casos de tosse acompanhada de muito muco. Não aplique sobre feridas ou lesões da pele.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Reações Adversas

Podem raramente ocorrer ardor no local da aplicação devido a irritação na pele.

Em pacientes alérgicos a um ou mais componentes do medicamento podem ocorrer prurido (coceira), erupção cutânea, edema (inchaço) ou irritação na pele.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

População Especial

Componentes do Transpulmin podem aumentar os efeitos de medicamentos para diabetes e diminuir a eficácia de medicamentos contra convulsões da classe dos barbitúricos

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Composição

Composição Transpulmin bálsamo

Cada grama de Transpulmin bálsamo contém:

Cânfora 25mg
Eucaliptol 100mg
Mentol 50mg
Guaiacol 10mg

Excipientes: dióxido de silício, petrolato amarelo, monoestearato de glicerila auto-emulsionável, oleato de decila, metilparabeno, propilparabeno e água purificada.


Composição Transpulmin supositório

Cada supositório de Transpulmin contém:

Cânfora 21,5mg
Eucaliptol 30mg
Mentol 4mg
Guaiacol 12,5mg

Excipientes: dióxido de silício, massa para supositório tipo E 75 e massa para supositório tipo W 45 (ambas constituídas por glicerídeos de coco hidrogenados).

Superdosagem

Superdose Transpulmin bálsamo

Em caso de ingestão acidental, procure ajuda profissional ou contate imediatamente um centro de intoxicação.


Superdose Transpulmin supositório

No caso de intoxicação por dose excessiva, podem ocorrer os seguintes sinais/sintomas: tontura, fraqueza muscular, delírio e convulsões. Também podem ocorrer: irritação gastrintestinal, náusea, vômito, cólica e dor de cabeça. Procure imediatamente assistência médica

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Interação Medicamentosa

Até o momento não foram descritas interações da Guaifenesina (substância ativa) com outros medicamentos.

O uso de Guaifenesina (substância ativa) pode falsamente elevar o teste do ácido vanilmandélico (VMA) para catecolaminas.

Na necessidade de realização do teste, deve-se orientar o usuário de Guaifenesina (substância ativa) a descontinuar o uso da mesma 48 horas antes da coleta de urina para o teste.

Ação da Substância

Resultados de eficácia

Em revisão realizada pelo FDA, a Guaifenesina (substância ativa) revelou-se como um expectorante efetivo.

Foram avaliados mais de 500 pacientes em estudos com a utilização da Guaifenesina (substância ativa) na dose de 200mg 4 vezes ao dia, comparados ao placebo.

Houve melhora significativa com maior facilidade à expectoração, frequência de tosse e melhora da avaliação global.

Além disso, o autor também demonstrou que a Guaifenesina (substância ativa) produz melhora significativa na facilidade de expectoração das secreções de vias aéreas, diminuição da viscosidade da secreção e melhora no clearance da secreção quando comparados ao placebo.

Características farmacológicas

A Guaifenesina (substância ativa) apresenta a seguinte fórmula química: C10H14O4, e o nome químico de 3-(2-metoxifenoxi) propano-1,2-diol.

A meia-vida biológica da Guaifenesina (substância ativa) é de 1 hora e tem boa absorção oral.

A Guaifenesina (substância ativa) é metabolizada no sangue e 60% dela é hidrolisada dentro de 7 horas.

Apresenta como metabólito o ácido beta-2-metoxifenoxilático.

O uso excessivo da Guaifenesina (substância ativa), com produção aumentada do metabólito, pode resultar em urolitíase.

A excreção da Guaifenesina (substância ativa) é renal, sendo que não foi detectada a droga sem metabolização na urina após estudo com a administração oral de 400mg.

A Guaifenesina (substância ativa) é um expectorante que aumenta a eliminação da secreção brônquica pela redução da adesividade e tensão superficial.

As secreções com menor viscosidade facilitam a ação ciliar da mucosa do trato respiratório, transformando a tosse seca e improdutiva em uma tosse mais produtiva e com menor frequência.

Além disso, a redução da viscosidade melhora a eficácia do clearance mucociliar na remoção de secreções acumuladas.

A Guaifenesina (substância ativa) parece atuar como irritante dos receptores vagais muscarínicos do estômago, recrutando reflexos eferentes do parassimpático que levam à exocitose glandular de muco com menor viscosidade.

Cuidados de Armazenamento

Cuidados de armazenamento Transpulmin bálsamo

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Proteger da luz e umidade.

Transpulmin bálsamo é contraindicado para uso por pacientes alérgicos a um ou mais componentes do medicamento.

Características do medicamento

Transpulmin bálsamo é um creme homogêneo, untuoso, de coloração branca leitosa a amarelada.


Cuidados de armazenamento Transpulmin supositório

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Proteger da luz e umidade.

Características do medicamento

Transpulmin supositório tem coloração branca a levemente amarelada, em forma de torpedo.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais

Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

MS - 1.0573.0355
Farmacêutica Responsável:
Gabriela Mallmann - CRF-SP nº 30.138

Fabricado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Guarulhos - SP

Registrado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201 - 20º andar
São Paulo - SP
CNPJ 60.659.463/0029-92
Indústria Brasileira

Quer receber ofertas exclusivas? Subscreva a nossa newsletter!
CliqueFarma

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.

Cliquefarma | CliqueFarma Drogarias Online Ltda. CNPJ 14.169.412/0001-64 | Farmacêutico Responsável: Dr. Rodrigo Singolani CRF/SP 25.429 | Rua Voluntários da Pátria, 2.820 - Conjunto 58 Cep: 02402-100 - São Paulo| Fale Conosco

Categorias