Complexo Homeopático Lachesis Almeida Prado Nº 46 60 Comprimidos na Farma 22

Farma 22
Farma 22

Complexo Homeopático Lachesis Almeida Prado Nº 46 60 Comprimidos na Farma 22.

FRETE REDUZIDO: para a todo o Brasil


Preço:

R$ 25,29

Veja os melhores preços de Complexo Homeopático Lachesis Almeida Prado Nº 46 60 Comprimidos

Confira os 5 melhores preços:

Complexo Homeopático Lachesis Almeida Prado Nº 46 60 Comprimidos

Drogaria Bifarma
Drogaria Bifarma


melhor preço

Melhor Preço Encontrado:

R$ 19,30

34,89% mais barato

Farmanita Drogaria
Farmanita Drogaria

R$ 19,80

Drogaria Onofre
Drogaria Onofre

R$ 21,99

Drogaria Raia
Drogaria Raia

R$ 22,04

Drogaria Sao Paulo
Drogaria Sao Paulo

R$ 22,32

Para que serve

Este medicamento é um laxativo de contato, indicado como auxiliar no tratamento da prisão de ventre. 

Como este medicamento funciona?

É um medicamento que estimula o funcionamento do intestino, facilitando o amolecimento das fezes e sua eliminação. Este medicamento demora de 6 a 12 horas para produzir efeito.

Contraindicação

Este medicamento não deve ser utilizado por pessoas que tenham doenças no intestino ou que apresentem desidratação grave.

Pacientes que fizeram cirurgia recente no intestino, inclusive apendicite, ou que sofram fortes dores no abdômen com náuseas e vômitos, também não devem utilizar este medicamento.

Pessoas que apresentem alergia a picossulfato de sódio ou algum componente da formulação não devem utilizar este medicamento.

Como usar

Uso adulto:

É de 1 ou 2 comprimidos à noite, ao deitar ou à critério médico por via oral.

Dose máxima diária:

4 comprimidos.

Os comprimidos poderão ser ingeridos com água.

Mantenha sempre a dose ou o modo de tomar sugerido nesta bula. As orientações e recomendações previstas na bula estão relacionadas à via de administração indicada. O uso por outras vidas pode envolver risco e devem estar sob a responsabilidade do prescritor.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure a orientação do seu médico ou cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções

Como ocorre com todos os laxativos, Picossulfato de Sódio não deve ser tomado diariamente, de forma contínua, ou por períodos prolongados sem investigação da causa da constipação.

O uso excessivamente prolongado pode causar um desequilíbrio hidroeletrolítico e hipopotassemia.

Há relatos de tontura e/ou síncope em pacientes tratados com Picossulfato de Sódio.

Os dados disponíveis nestes casos sugerem que os eventos podem ser relacionados com a síncope da defecação (ou síncope atribuível ao esforço para defecar) ou com a resposta vasovagal à dor abdominal relacionada à constipação, e não necessariamente ao uso do picossulfato de sódio.

Crianças não devem tomar Picossulfato de Sódio sem orientação médica.

Excipientes

Um volume de 1 mL da solução gotas contém 0,45 g de sorbitol, o que resulta em 0,60 g de sorbitol por dose máxima diária recomendada para tratamento de adultos e crianças acima dos 10 anos (20 gotas).

Os pacientes com a rara condição hereditária de intolerância à frutose não devem tomar este medicamento.

Estudos sobre o efeito de Picossulfato de Sódio na habilidade de dirigir e operar máquinas não foram realizados. No entanto, os pacientes devem ser advertidos de que, devido a uma resposta vasovagal (por exemplo, espasmo abdominal), eles podem sentir tontura e/ou síncope.

Se os pacientes tiverem espasmo abdominal devem evitar tarefas potencialmente perigosas como dirigir ou operar máquinas.

Gravidez

Não há estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas.

A ampla experiência com Picossulfato de Sódio não tem demonstrado efeitos indesejáveis ou prejudiciais durante a gravidez.

Mesmo assim, como ocorre com todos os fármacos, Picossulfato de Sódio somente deverá ser administrado durante a gravidez sob prescrição médica.

Lactação

Estudos clínicos mostram que nem a fração ativa de picossulfato sódio, BHPM (bis-(p- hidroxifenil)-piridil-2-metano), nem seus glicuronídeos são excretados no leite de mulheres lactantes saudáveis. Assim, Picossulfato de Sódio pode ser usado durante a amamentação.

Fertilidade

Não foram conduzidos estudos sobre o efeito do uso de Picossulfato de Sódio na fertilidade humana.

Estudos não clínicos não revelaram efeitos na fertilidade.

Picossulfato de Sódio está classificado na categoria de risco B na gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Reações Adversas

Pode ocorrer desconforto, cólicas intestinais e diarreia em altas dosagens. No caso de aparecimento de reações desagradáveis graves, procure orientação médica.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Composição

Cada comprimido contém:

Picossulfato de sódio 0,005g
Cássia senna IDH 0,020g
Polygonum punctatum ICH 0,015g
Collinsonia canadensis ICH 0,015g
Excipientes q.s.p. 0,150g

Excipiente: Lactose, Celulose Microcristalina, Estearato de Magnésio.

Superdosagem

Caso alguém use uma quantidade maior que a indicada deste medicamento, pode ocorrer diarreia e fortes dores de barriga. Aumente a ingestão de líquidos e procure ajuda emergencial médica.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa

O uso concomitante de diuréticos ou adrenocorticosteroides pode aumentar o risco de desequilíbrio eletrolítico, se forem utilizadas doses excessivas de Picossulfato de Sódio (substância ativa).

O desequilíbrio eletrolítico pode levar a aumento da sensibilidade aos glicosídeos cardíacos.

A administração concomitante de antibióticos pode reduzir a ação laxativa de Picossulfato de Sódio (substância ativa).

Ação da Substância

Resultados de eficácia

Em estudo randomizado, multicêntrico, duplo-cego e controlado por placebo para avaliar a eficácia e segurança do picossulfato de sódio, 57 pacientes portadores de constipação crônica por pelo menos três meses foram submetidos a tratamento por três noites consecutivas.

Ficou demonstrado que o grupo tratado com picossulfato de sódio 7 mg/noite obteve respostas terapêuticas (82,8%) estatisticamente superiores aos do grupo tratado com placebo (50%) quanto à melhora da frequência e menor esforço para evacuar (p=0,010), e com menor ocorrência de distensão abdominal.

Características farmacológicas

Farmacodinâmica

O Picossulfato de Sódio, é um laxativo de contato pertencente ao grupo triarilmetano, que, após a clivagem bacteriana no cólon, estimula a mucosa do intestino grosso provocando peristaltismo do cólon e promove o acúmulo de água e, consequentemente, de eletrólitos no lúmen do cólon.

Isto resulta em estímulo da defecação, redução do tempo de trânsito intestinal e amolecimento das fezes.

Sendo um laxativo que atua no cólon, o picossulfato de sódio estimula especificamente o processo de evacuação natural na região mais baixa do trato gastrointestinal.

Dessa maneira, o picossulfato de sódio é ineficaz na alteração da digestão ou da absorção de calorias ou nutrientes essenciais no intestino delgado.

Farmacocinética

Absorção e distribuição

Após administração oral, o picossulfato de sódio atinge o cólon sem absorção importante, evitando assim a circulação entero-hepática.

Biotransformação

O picossulfato de sódio é convertido no composto laxativo ativo bis-(p-hidroxifenil)- piridil-2-metano (BHPM) por clivagem bacteriana no segmento distal do intestino.

Eliminação

Após a conversão, somente pequenas quantidades de BHPM são adsorvidas e são quase completamente conjugadas na parede do intestino e no fígado para formar o BHPM glicuronídeo.

Após 48 horas da administração oral de 10 mg de picossulfato de sódio, 10,4% do total da dose foi excretada na urina na forma de BHPM glicuronídeo.

Em geral, a excreção na urina diminui quando altas doses de picossulfato de sódio estão sendo administradas.

Relação farmacocinética/farmacodinâmica

Consequentemente, o início da ação ocorre geralmente entre 6 a 12 horas, o que é determinado pela liberação da substância ativa (BHPM).

Não existe relação direta ou inversa entre o efeito laxativo e os níveis plasmáticos da porção ativa.

Cuidados de Armazenamento

O prazo de validade deste medicamento é de 24 meses a partir da data de fabricação (vide embalagem), desde que seja conservado em local fresco, seco e ao abrigo da luz. Manter o medicamento em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Fechar a embalagem adequadamente logo após o uso.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.

Guarde-o em sua embalagem original.

Os comprimidos são brancos e com o símbolo AP gravado em um dos lados.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Mensagens de Alerta

Crianças não devem tomar este medicamento sem orientação médica.

Este medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez e amamentação sem orientação médica.

Este medicamento contém lactose.

Mulheres que esteja amamentando não devem utilizar este medicamento.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Dizeres Legais

Registro MS 1.0266.0051.002-1

Farmacêutica Responsável:
Dra. Zuleika Carvalho
CRF-SP 4.142

Farmácia e Laboratório Homeopático Almeida Prado Ltda.
Praça Benedito Calixto 129/133 - São Paulo/SP
CNPJ 60.862.208/0001-41
Indústria Brasileira

Serviço de Atendimento ao Consumidor
0800-116311

  • E-mail

  • E-mail

Quer receber ofertas exclusivas? Subscreva a nossa newsletter!
CliqueFarma

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.

Cliquefarma | CliqueFarma Drogarias Online Ltda. CNPJ 14.169.412/0001-64 | Farmacêutico Responsável: Dr. Rodrigo Singolani CRF/SP 25.429 | Rua Voluntários da Pátria, 2.820 - Conjunto 58 Cep: 02402-100 - São Paulo| Fale Conosco

Categorias