Descolorantes – Para cabelos e pelos

13/01/2021 0 Por cliquefarma

O artigo de hoje traz a atenção para um produto bastante versátil, queridinho por várias it girls e que vem sendo utilizado há muitos anos como um ajudante no embelezamento, principalmente feminino. Estamos falando dos descolorantes de cabelos e pelos! Este artigo vai falar um pouco mais sobre eles, como utilizá-los da maneira correta, visto que pode ser perigoso utilizá-los erroneamente e ainda te informar onde você pode comprar pelo melhor preço e condição de entrega na sua região! Confira tudo até o final para não perder nada!

O que é descoloração dos cabelos

Descoloração é todo o processo que tira os pigmentos dos fios de cabelo. Em geral são associados dois tipos de produtos nessa técnica: o pó descolorante (normalmente composto de peróxido de hidrogênio, a famosa água oxigenada) e um oxidante.

 

O último faz com que as cutículas do cabelo se abram, e assim o descolorante pode retirar a pigmentação do fio. Existem alguns produtos descolorantes derivados da amônia também, que agridem menos os cabelos.

 

Normalmente os descolorantes vêm com uma volumagem, que consiste na quantidade de água em que o pó é diluído. Quanto maior a volumagem, maior o clareamento e a abertura das escamas. 

 

Qualquer tom de cabelo pode ser descolorido, mas quanto mais escuro o fio, mais tempo o produto deve ficar nos cabelos e maior a agressão feita ao cabelo.

Como descolorir os cabelos?

Em primeiro lugar, é preciso que o profissional leve em conta a saúde do fio. Fios muito danificados precisam de tratamentos mais leves, ou com produtos sem amônia e oxidantes mais baixos, que não agridam tanto a estrutura do fio. Com isso avaliado, é preciso entender os objetivos do cliente.

 

A descoloração pode ser feita no cabelo todo ou apenas algumas mechas, para fazer luzes. No caso das mechas, pode ser usada uma touca com furos ou papel alumínio, que corta a entrada de oxigênio, permitindo uma volumagem maior na descoloração. De qualquer forma, o profissional mistura o descolorante com o oxidante e aplica nos fios que se deseja descolorir. Deixa o produto fazer efeito pelo tempo necessário e depois retira o produto durante a lavagem. Depois disso, ele pode seguir com o penteado desejado.

 

Qualquer tonalidade de cabelo pode ser descolorida dependendo do objetivo. Mas quanto mais escuro o fio, mais camadas de pigmento deverão ser retiradas.

 

Cabelos tingidos de pretos não deveriam ser descoloridos para chegar ao loiro, por exemplo, pois sempre vai revelar seu fundo de clareamento avermelhado. Com os ruivos de tinta, os tons se revelam laranja.

 

Os castanhos e loiros escuros não exigem tanto cuidado já que são mais fáceis de chegar ao objetivo. Em todos os casos, o loiro platinado é o grau de descoloração que mais agride os fios. Por conta disso, a hidratação é fundamental para minimizar os danos sofridos pela descoloração.

 

É possível descolorir os cabelos em casa?

Algumas pessoas até compram água oxigenada para fazer a descoloração em casa, mas isso não é muito recomendado pelos especialistas, por ser um procedimento que pode agredir e danificar os fios se não for feito corretamente, além de haver o risco de não se conseguir os resultados esperados. O ideal é que o processo seja feito por profissionais especializados em colorimetria, ou seja, especialistas na coloração dos cabelos. Porém, caso você queira fazer assim mesmo, mais à frente, preparamos um tópico com algumas dicas para você usar o descolorante sozinha.

Cuidados antes da descoloração

É muito importante que os cabelos estejam em condições de receber a química sem danos. Por isso mesmo, antes de descolorir é necessário fazer uma análise do fio, saber se químicas foram utilizadas anteriormente e quais foram elas, testar a elasticidade e a resistência dos fios e verificar sua porosidade.

 

Pode ser aconselhável fazer um tratamento alguns dias antes do procedimento, dependendo da necessidade e fragilidade dos fios é mais indicado hidratação ou cauterização.

Cuidados após a descoloração

Os cabelos ficam mais frágeis após a descoloração, por isso é importante fazer hidratação e cauterização conforme a indicação do seu cabeleireiro, além de usar produtos específicos para fios descoloridos.

 

Para manter a cor, é importante evitar excesso de exposição ao sol, sal e cloro e também utilizar shampoos matizadores, para evitar que o cabelo fique esverdeado ou amarelado.

 

É sempre importante dar um tempo após a descoloração do cabelo para fazer um próximo tratamento. Quando os fios continuam saudáveis, esse intervalo pode variar entre uma semana e quinze dias. Mas se os cabelos estiverem danificados, o ideal é esperar mais.

Quem não pode descolorir?

Pessoas com doenças agudas ou ferimentos no couro cabeludo não devem fazer química nos cabelos. Quem estiver com cabelos sensibilizados, fracos, finos ou saturados de química são contraindicados para fazer qualquer tipo de clareamento dos fios.

Além disso, cabelos com alisamentos químicos são mais sensíveis e podem ser muito danificados com este processo. Por isso é importante avaliar os fios.

Grávida pode descolorir o cabelo?

Mulheres grávidas também têm restrições quanto à descoloração dos fios. É recomendado que procurem orientação médica nesses casos. O mais indicado é que esse tipo de procedimento não seja feito nos primeiros três meses da gravidez.

 

Cuidados ao usar o pó descolorante sozinha

pó descolorante faz parte de muitos dos procedimentos químicos que fazemos na nossa cabeleira. Por este motivo, é importante saber um pouco mais sobre ele e, principalmente, descobrir os principais cuidados que devemos ter ao usá-lo sozinha, ou seja, sem a supervisão de um profissional cabeleireiro. 

 

O que é e para que serve o pó descolorante?

O pó descolorante é um composto químico que, quando misturado à água oxigenada, é usado para clarear os fios de cabelo a fim de buscar resultados como deixar os fios loiros, ou “abrir” o fio para que outras pigmentações possam ser absorvidas pela fibra capilar. Algumas dessas cores são o cobre, o platina, o vermelho, o azul, entre outras, especialmente as colorações chamadas cores fantasia.

O pó descolorante serve para todo tipo de cabelo?

Não. Isso porque o pó descolorante não é indicado para aplicação no cabelo de crianças e gestantes, nem em fios extremamente danificados ou fragilizados ou em pessoas que possuam pele sensível, especialmente na área do couro cabeludo. Nessas situações, a mistura de pó descolorante pode ser agressiva demais para o cabelo, pele e saúde da pessoa em questão. 

 

No caso das gestantes até mesmo para a saúde do bebê. Para todo o resto, quaisquer que sejam os tipos de cabelo masculino ou feminino, o uso está liberado, porém, sempre com muito cuidado.

Pó descolorante com ou sem amônia para usar no cabelo?

O pó descolorante com amônia é mais poderoso e, por isso, também pode prejudicar mais os fios. Por isso, ele é mais indicado para aquelas pessoas que têm os fios virgens e que vão sofrer menos desgaste na descoloração. Além disso, também é uma boa opção para os fios mais grossos e/ou escuros, pois estes são mais resistentes à descoloração e precisam de produtos mais poderosos. Afinal, este tipo de descolorante apresenta um processo mais rápido de descoloração. 

 

A maioria destes tem uma coloração azulada que reduz as chances de reflexos amarelados, o que é bem bacana para aquelas que querem um cabelo loiro claríssimo.

 

Já aqueles sem amônia possuem Peróxido de Hidrogênio na composição e, por este motivo, pode apresentar um processo mais lento. Por outro lado, com este tipo de produto é possível controlar melhor o tempo e os estágios de clareamento. Eles são a principal escolha dos profissionais para descolorir fios que já passaram por outros processos químicos como outras colorações e descolorações ou alisamentos. 

 

Isso porque ele danifica menos esses tipos de fio, que geralmente são mais frágeis. Também é indicado para aquelas pessoas que já possuem fios naturalmente mais claros, pois não necessitam de descolorações pesadas.

Usa-se pó descolorante para fazer luzes, mechas ou reflexos?

Sim, porém, não em todos os casos. Geralmente o pó descolorante em conjunto com a água oxigenada é usado para deixar os fios claros antes de se tonalizar com alguma outra cor. Ou seja, geralmente no caso de pessoas com fios escuros que procuram mechas ou luzes claras. Também é usado para aquelas loiras ou morenas que querem fios claríssimos. Todavia, nos casos de mechas entre tons próximos da cor base, em que não são necessárias mechas mais claras, o procedimento pode ser feito apenas com coloração e amônia.

Pó descolorante estraga o cabelo?

É importante destacar que qualquer procedimento químico pode danificar o fio, especialmente os procedimentos de descoloração. A situação pode ser ainda mais grave se o pó descolorante e a água oxigenada forem aplicados em fios já danificados e sem a supervisão de um profissional. Nestes casos, pode até mesmo acontecer o temido corte químico. Portanto, muito cuidado ao manusear o pó descolorante! 

 

Dê preferência a procedimentos feitos por profissionais e evite químicas capilares caso o seu cabelo já esteja fragilizado.

Como posso usá-lo sozinha no cabelo?

Para usar sem a supervisão de um profissional o pó descolorante no cabelo, é preciso misturá-lo a água oxigenada na medida certa e então aplicar nas mechas que devem ser descoloridas. Depois disso, deve-se aguardar o tempo indicado nas instruções do produto, nunca excedendo o tempo limite. 

 

Vale lembrar que, é preciso ficar de olho para acompanhar o tom de clareamento que você procura. Mas atenção! É preciso tomar diversos cuidados especiais nesse processo, ok!? Procedimentos químicos como a descoloração devem ser levados a sério. Por isso vamos contar já já quais os principais cuidados que você deve ter ao realizá-lo sozinha, mas a indicação é sempre contar com um profissional.

Invista na hidratação após usar o pó descolorante nos fios!

Antes de contar os principais cuidados que você deve ter ao usar o pó descolorante sozinha na sua casa, queremos destacar a importância da hidratação! Ela é essencial antes e depois da descoloração. Nos fios saudáveis ou frágeis ela deve estar sempre presente, portanto, não se esqueça de caprichar nessa etapa de cuidado depois de se aventurar com o pó descolorante, tá bom!?

11 cuidados ao usar o pó descolorante sozinha

  1. Faça um teste de porosidade alguns dias antes para saber se os seus fios estão saudáveis o suficiente para aguentar a descoloração.
  2. Dois dias antes de descolorir as madeixas, faça um teste de sensibilidade para descobrir como é que sua pele vai reagir a essa química.
  3. Antes de descolorir todo o cabelo, ou as mechas desejadas, faça também um teste de mecha para verificar o resultado do produto no seu cabelo.
  4. Misture a quantidade exata de pó descolorante e água oxigenada indicada na embalagem dos produtos.
  5. Use luvas e tome muito cuidado para não derrubar a mistura no rosto ou olhos.
  6. Se a mistura entrar em contato com a pele do rosto, mãos ou braços lave rapidamente e com bastante água. Caso entre em contato com os olhos, faça o mesmo, porém, procure um médico imediatamente.
  7. Jamais ultrapasse o tempo limite indicado na embalagem dos produtos.
  8. Se durante o processo você sentir coceira e queimação excessivas no couro cabeludo, retire imediatamente com bastante água.
  9. Depois do tempo de pausa enxágue muito bem e verifique se o resultado foi o esperado.
  10. Evite ao máximo fazer mais de uma descoloração em casa no mesmo dia. Caso o resultado não seja o esperado, aguarde alguns dias antes de realizar o processo novamente.
  11. Além da hidratação, é imprescindível seguir um cronograma capilar completo com hidratação, nutrição e, especialmente, reconstrução capilar.

Como descolorir pelos: passo a passo e dicas essenciais

Além de muito utilizada para a descoloração dos cabelos, a mistura de água oxigenada e pó descolorante é a mais utilizada e não costuma oferecer riscos desde que seja feita uma prova de toque na pele antes.

 

Para algumas mulheres, os pelos escuros, especialmente quando em grandes quantidades e em partes do corpo bastante visíveis, são um incômodo. Por isso, o método de descolori-los é bastante utilizado há tempos. É indicado, aliás, tanto para quem sofre só de pensar em fazer depilação para remover pelinhos da região dos braços, barriga e coxas, como para quem gosta de exibir pelos mais douradinhos, principalmente no verão.

 

A descoloração costuma ser feita de maneira simples, mas, de toda forma, requer cuidados especiais para não trazer consequências negativas à pele e para causar um efeito que realmente agrade.

 

Vale destacar que a descoloração do pelo (feita, basicamente, com água oxigenada e pó descolorante) não é permanente e o tempo que ela durará varia muito de pessoa para pessoa, durante em torno de um mês.

 

Os pelos podem ser descoloridos no salão de beleza/clínica estética ou ainda, em casa – desde que, neste caso, os cuidados sejam redobrados.

 

As principais vantagens da descoloração são que este é um método barato, rápido e indolor.

Métodos que você pode usar

Confira abaixo as principais maneiras utilizadas para descolorir os pelos:

1. Água oxigenada

Lívia Lemos, esteticista (do Rio de Janeiro), comenta que este método consiste em aplicar um pouco de água oxigenada e expor-se por alguns minutos ao sol. “Não é, porém, um método que dê certo para todas as pessoas. Algumas mulheres comentam que sem o pó descolorante o pelo não clareia. Ou seja, vai muito da cor do pelo da pessoa. Além disso, é fundamental utilizar a água oxigenada e se expor ao sol por alguns minutos somente se tiver a certeza de que não tem alergia ao produto”, diz.

 

Marta Ferreira, esteticista do Walter’s Coiffeur, destaca que, para descolorir os pelos somente com água oxigenada, é necessário utilizar um creme à base de parafina antes, “que é extremamente importante para a proteção da pele, e uma água oxigenada de volume 40”.

 

A água oxigenada pode ser utilizada nos pelos dos braços, pernas e barriga. Nunca a utilize na face.

2. Pós descolorantes

Eles são encontrados facilmente em farmácias e, acrescidos da água oxigenada, são a maneira mais conhecida e garantida de descolorir os pelos.

Marta explica que é preciso colocar o pó descolorante junto da água oxigenada (geralmente 10 volumes) e lembrar sempre de proteger a pele antes (com um creme à base de parafina, por exemplo).

 

Num recipiente coloque a quantidade suficiente de água oxigenada (levando em conta as partes do corpo que pretende descolorir) e, em seguida, coloque o pó descolorante. Siga sempre as orientações dispostas na embalagem do produto. Com ajuda de uma espátula, misture bem os dois componentes até ficar homogêneo.

 

Você pode aplicar o produto com a própria espátula ou com as mãos usando luvas (tomando cuidado para não levá-las ao rosto, manchar a roupa etc.) ou ainda, com aqueles pincéis sintéticos de pintar o cabelo (que você também encontra com facilidade em qualquer farmácia).

 

Deixe a mistura por cerca de 15 minutos (não devendo passar de 45 minutos) nos pelos, ou, simplesmente, até ver que seus pelos estão bem clarinhos. Depois é só retirar com água morna e lavar com sabão neutro e, preferencialmente, aplicar um hidratante na pele posteriormente.

 

Vale lembrar que é fundamental realizar a prova de toque antes, para ter certeza se não há alergia ao produto. Para isso, basta aplicar o produto em uma pequena área de seu corpo e esperar pelo menos 20 minutos para checar se não houve qualquer reação.

 

Além disso, nunca use água oxigenada acima de 10 volumes na pele sem proteção.

A mistura com pó descolorante costuma ser utilizada nos pelos dos braços, pernas e barriga. Nunca utilize na face.

3. Banho de lua

Banho de lua ou banho dourado é o nome dado à técnica mais “completa” de se descolorir os pelos com a mistura de água oxigenada e pó descolorante. Geralmente é feito em salões de beleza, mas é possível encontrar nas farmácias também “kits de banho de lua”.

 

Marília Barboni Luz, fisioterapeuta da L&L Espaço Vida ao Corpo de São Paulo, explica que, no banho de lua, é feita, primeiramente, uma esfoliação. “Depois, passamos parafina utilizada para evitar que o descolorante venha a causar coceira ou pinicação na pele.”

“Por cima da parafina passamos a mistura feita de água oxigenada com pó descolorante e passamos na região que desejamos clarear os pelos. Aguardamos cerca de 15 a 20 minutos (ou até que os pelos estejam claros). Retiramos o excesso da mistura com uma espátula e limpamos a pele com pano úmido em água com sais de banho, (ou o cliente toma um banho e retira tudo). Ao retirar todo o descolorante, finalizamos o procedimento passando um creme hidratante”, explica Marília.

 

O banho de lua costuma ser feito nos braços, pernas e barriga.

4. Chá de camomila

Você já deve ter ouvido falar que chá de camomila ajuda a clarear os cabelos. Pois bem, há quem o utilize também para clarear os pelos da barriga, pernas ou braços. A camomila é facilmente encontrada in natura ou em sachês (já prontos para preparar o chá).

 

Vale reforçar, porém, que o método é bem demorado e em algumas pessoas pode nem oferecer resultados. Aplique o chá na região desejada e espere cerca de uma hora. Depois, basta lavar a pele com água.

 

“A camomila não descolore, apenas clareia os pelos que já têm tendência a ser claros. Sendo assim, a substância é ineficaz em pelos mais escuros”, destaca Marta.

O chá de camomila pode ser aplicado nos pelos das pernas, braços e barriga na tentativa de clareá-los, e até mesmo nas sobrancelhas (desde que seja tomado os devidos cuidados com os olhos).

Principais cuidados e dicas para descolorir os pelos

É importante tomar alguns cuidados para evitar que o procedimento seja prejudicial à sua pele, confira:

Cuidado com reações da pele

Descolorir os pelos com água oxigenada e pó descolorante trata-se de um procedimento químico e pode acabar causando alergias, coceiras e irritações em algumas pessoas. Por isso, nunca faça a descoloração sem antes fazer a prova de toque: basta aplicar o produto em uma pequena área do corpo e esperar pelo menos 20 minutos para checar se não houve nenhuma reação.

 

“Pode haver um processo alérgico muito forte caso não seja feito o teste de pele antes da descoloração”, lembra Marta.

 

Passe o produto delicadamente

“A aplicação do produto para descolorir pode ser feita com um pincel daqueles usados para tingir o cabelo, por exemplo, mas faça isso delicadamente e não esfregue muito a região, porque a pele já estará sensibilizada principalmente se tiver sido feita a esfoliação antes”, alerta Lívia.

Cuidado extra no caso de gestantes

No caso das gestantes, os cuidados devem ser redobrados. “Fica a critério do médico se ela pode ou não descolorir os pelos, pois este já conhece o histórico da paciente. Eu, particularmente, não realizo este tipo de procedimento sabendo que a sensibilidade da mulher grávida tende a aumentar durante a gestação”, destaca a esteticista Marta.

 

Atenção a machucados e com determinadas partes do corpo

“Se a pessoa tem algum machucado na pele, não deve descolorir os pelos! Não se deve fazer o procedimento sobre uma ferida aberta, mesmo fazendo o uso do creme à base de parafina antes da descoloração”, orienta Marta.

 

Os produtos descolorantes são abrasivos; então, nem pense em descolorir regiões com mucosas (como o buço ou as partes íntimas). Além disso, tome sempre cuidado para não levar (sem querer) o produto até os olhos ou boca. Crianças também não devem descolorir os pelos.

 

Tome cuidado ainda ao abrir o pacotinho do pó descolorante, pois, se você aspirá-lo, pode causar irritações no nariz.

Fique de olho no tom que quer deixar os pelos

Mulheres de pele escura também podem descolorir os pelos sem problemas, de acordo com Marta. O único cuidado está em “dosar” o tempo que ficará com o produto na pele para escolher o tom que ficará o pelo. Quanto mais tempo deixar o descolorante agindo, mais claro ele ficará. E essa dica vale para todas as mulheres, independentemente do tom da pele. É tudo uma questão de gosto, conforme lembra Lívia.

Não ligue para os mitos

Marta destaca que é mito dizer que o pelo engrossa quando a pessoa o descolore. “Ele não engrossa em absolutamente nada. Outro mito muito comum a este tipo de procedimento é o de que o pelo nasce mais preto e em maior quantidade. Isso também não passa de uma sensação, pois a verdade é que o pelo, ainda que escuro, não nasce com a mesma tonalidade de antes”, diz a esteticista.

Use produtos de confiança

Uma dica valiosa é utilizar somente produtos dermatologicamente testados e nunca ultrapassar o limite do tempo de uso indicado na embalagem.

 

Algumas pessoas optam por descolorir os pelos com a “ajuda” do sol, esse hábito, porém, gera controvérsias. Há profissionais que são contra, pois isso pode agredir a pele duplamente: com a química e com os raios solares. Por isso, de preferência, faça a descoloração com banho de lua num salão de sua confiança ou em casa e evite a exposição desnecessária ao sol. Afinal, os pós descolorantes independem da exposição ao sol.

 

Além dos cuidados fundamentais antes e durante o procedimento, é importante cuidar da pele depois de descolorir os pelos. Mas isso é muito simples:

 

  • Retire totalmente o produto da pele com água e sabão neutro;
  • Mantenha a pele super-hidratada. “A descoloração é um processo químico extremamente agressivo, então é preciso cuidar bem e ter um carinho com a pele. Um bom hidratante à base de ureia é o que eu sempre recomendo”, finaliza a esteticista Marta.

 

Marília ressalta que, se o produto descolorante for bem retirado da pele, não há problema em pegar sol posteriormente à descoloração.

Onde comprar?

Você sabia que no Cliquefarma, nós disponibilizamos para você diversos medicamentos e produtos farmacêuticos como os descolorantes para cabelos e pelos de diversas marcas em todas as farmácias da sua região? Aqui você consegue pesquisar os melhores preços e condições de entrega deles aí na sua casa. Busque agora mesmo!

Comente suas experiências fazendo uso deste produto conosco também!