Gerovital

26/03/2020 0 Por cliquefarma

Você sabe o que é Gerovital? Para que ele serve? O artigo de hoje será sobre ele. Gerovital é fabricado pelo laboratório EMS e está devidamente registrado na ANVISA na classe terapêutica de polivitamínicos e minerais.

Apresentação de Gerovital

Uso Oral

 

Uso Adulto

 

Cápsula gelatinosa mole. Embalagem contendo 30 e 60 cápsulas.

Composição 

Cada cápsula gelatinosa mole contém: 

Composição – Concentração – IDR**

Panax ginseng * – 100,00 mg – ***

palmitato de retinol (vitamina A) – 2.000 U.I. – 300,0%

nitrato de tiamina (vitamina B1) – 1,30 mg – 325,0%

riboflavina (vitamina B2) – 1,30 mg – 300,0%

cloridrato de piridoxina (vitamina B6) – 0,50 mg – 115,4%

cianocobalamina (vitamina B12) – 4,00 µg – 500,0%

ácido ascórbico (vitamina C) – 65,00 mg – 433,3%

colecalciferol (vitamina D3) – 400 U.I. – 600,0%

acetato de racealfatocoferol (vitamina E) – 10,00 mg – 273,8%

biotina – 0,01 mg – 10,0%

nicotinamida – 13,00 mg – ***

pantenol – 5,00 mg – 561,6%

rutosídeo – 10,00 mg – ***

fluoreto de sódio – 0,10 mg – 3,4%

fosfato de cálcio dibásico – 150,00 mg – Ca (13,2%), P (14,6%)

sulfato ferroso – 10,00 mg – 78,6%

iodeto de potássio – 0,15 mg – 264,5%

sulfato de magnésio – 6,00 mg – 1,4%

sulfato de manganês monoidratado – 1,70 mg – 72,1%

sulfato de potássio – 5,00 mg – ***

Excipiente q.s.p.**** – 1 cápsula  

* Cada cápsula gelatinosa mole contém 25mg de extrato seco de Panax ginseng (equivalente a 100mg de Panax ginseng), o que corresponde a 4mg de ginsenosídeos totais.

 

** Ingestão diária recomendada para adultos.

 

*** Não há dados de IDR.

 

**** Excipientes: lecitina de soja, óleo vegetal hidrogenado, cera de abelha, óleo de soja.

Componentes da cápsula gelatinosa mole: gelatina, sorbitol, metilparabeno, propilparabeno, dióxido de titânio, glicerol, corante vermelho azorubina, corante vermelho 40, água purificada. 

 

Gerovital Phytus

Composição: Este produto contém 1 g de Fitoesterol por porção (2 cápsulas) Colorido Artificialmente Peso ou conteúdo líquido: Embalagem contendo 30, 60, 80, 100, 120, 140, 160, 180 ou 200 cápsulas.

 

INGREDIENTES: Fitoesterol, óxido de magnésio, ácido ascórbico, fosfato de cálcio dibásico, fumarato ferroso, niacinamida, acetato de racealfatocoferol, óxido de zinco, fluoreto de sódio, sulfato de manganês, pantotenato de cálcio, palmitato de retinol, iodeto de potássio, piridoxina HCl, biotina, riboflavina, mononitrato de tiamina, óxido cúprico, selenito de sódio, ácido fólico, vitamina B12, colecalciferol, cloreto crômico hexaidratado e fitomenadiona. Corante: dióxido de titânio, óxido de ferro vermelho, vermelho 40, ponceau 4R e amarelo crepúsculo. Emulsificante: lecitina de soja. Gelificante: gelatina. Glaceante: cera de abelha. Umectante: glicerol. Veículo: óleo de soja, água purificada e maltodextrina. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Para o que Gerovital é indicado?

Gerovital é um polivitamínico associado a minerais e ao Panax ginseng (ginseng), e é indicado na prevenção e recuperação em casos de fadiga física e mental (por exemplo, sensação de desgaste, irritabilidade, dificuldade de concentração) atuando como adaptógeno, ou seja, ajuda a melhorar a capacidade do nosso organismo de superar condições estressantes. 

 

Também é indicado quando ocorre a falta de vitaminas e sais minerais, como nos estados de alimentação desbalanceada ou deficiente, causados, por exemplo, por hábitos alimentares inadequados, ou ainda, pelo avanço da idade, uma vez que nosso organismo não consegue produzir estas substâncias, e por esse motivo, estas precisam ser ingeridas regularmente na alimentação.  

O que podemos esperar do mecanismo de ação de Gerovital?

Gerovital é uma associação composta por Panax ginseng, vitaminas e minerais. O Panax ginseng (ginseng) é um fitoterápico que atua contra o cansaço físico e mental, aumentando a resistência do organismo a situações de estresse.

 

As vitaminas e os sais minerais têm funções importantes e essenciais para o desenvolvimento, crescimento e manutenção de inúmeras reações metabólicas que ocorrem no organismo. São indispensáveis à saúde e, portanto, devem ser ingeridos diariamente na alimentação, a fim de manter o equilíbrio orgânico necessário para o bom funcionamento corporal.

 

Gerovital Phytus  

 

Gerovital Phytus atua na redução da absorção do colesterol, na prevenção e tratamento de deficiências vitamínicas e minerais nos casos de dietas restritivas para emagrecimento e/ou redução de gorduras.

 

Os fitoesterois ocupam o lugar que o colesterol ocuparia para conseguir ser absorvido, como o colesterol não consegue passar da parede intestinal para a corrente sanguínea, é eliminado pelo organismo através das fezes. Como consequência, o colesterol ruim (LDL colesterol) da circulação sanguínea diminui. Enquanto as vitaminas e minerais suprem e balanceiam as necessidades orgânicas. 

 

Sua formulação contém Selênio, micronutriente que possui importante ação antioxidante protegendo as células contra os radicais livres, essencial para o fortalecimento do sistema imunológico e equilíbrio do hormônio das glândulas tireoides. 

 

Pequenas mudanças em sua rotina podem trazer muitos benefícios para sua saúde. Uma alimentação balanceada com frutas, legumes, evitar frituras e se exercitar regularmente são iniciativas que ajudam a manter seu organismo funcionando bem. É importante associar o consumo de Gerovital Phytus a uma alimentação balanceada em busca do bem estar físico.

Quais as contraindicações e riscos de Gerovital?

Gerovital é contraindicado a pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, não apresentando outra contraindicação quando administrado de acordo com o recomendado.

 

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

 

Este medicamento é contraindicado para mulheres que estejam amamentando.

 

Gerovital Phytus

O produto não é adequado para crianças abaixo de cinco anos, gestantes e lactentes.

Quais as precauções e advertências a que devo me atentar antes de usá-lo?

Gerovital deve ser administrado com cautela em pacientes diabéticos: o ginseng reduz a glicemia (concentração de glicose no sangue), portanto, a administração em pacientes diabéticos submetidos ao uso de hipoglicemiantes orais ou de insulina deverá ser feita sob supervisão médica.

 

Deve-se evitar utilizar este medicamento em pacientes com alterações cardíacas importantes, e o uso em pessoas com alterações leves a moderadas da pressão arterial deve ser feito sob orientação médica.

 

O ginseng deve ser administrado por no máximo três meses. 

Gerovital Phytus

Os fitoesteróis auxiliam na redução da absorção de colesterol. Seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.

 

Pessoas com níveis elevados de colesterol devem procurar orientação médica.

 

Os fitoesteróis não fornecem benefícios adicionais quando consumidos acima de 3 g/ dia.

Interações medicamentosas de Gerovital

Interações medicamento-medicamento:

 

Sabe-se que o ginseng pode potencializar a ação dos inibidores da monoaminoxidase (IMAO) – classe de antidepressivos. Exemplos de substâncias desta classe: tranilcipromina, isocarboxazida e iproniazida.

 

Gerovital , quando administrado com os medicamentos abaixo, diminui seus efeitos:

Quinolonas, levodopa, tetraciclinas, trissilicato de magnésio, cloroquina, hidroxicloroquina, bifosfonatos orais, tireoidianos, penicilamina, orlistat, cisplatina, pirimetamina, hidantoína, anfetaminas, antiácidos, antifúngicos azólicos, cefalosporinas e gabapentina.

 

Gerovital , quando administrado com os medicamentos abaixo, aumenta seus efeitos:

Delavirdina, quinidina e anticoagulantes.

Uso de Gerovital na gravidez e amamentação

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado para mulheres que estejam amamentando.

 

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. 

Instruções de armazenamento, data de fabricação, prazo de validade e aspecto físico de Gerovital e Gerovital Phytus

Manter à temperatura ambiente (15ºC a 30ºC). Proteger da luz e manter em lugar seco. 

Características físicas e organolépticas:

Cápsula gelatinosa mole, na cor vermelha, contendo óleo de cor amarelo intenso. 

 

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

 

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.  

 

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

 

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. 

Instruções de posologia, dosagem e modo de uso de Gerovital

Gerovital  é administrado por via oral, com o auxílio de líquido. Recomenda-se uma cápsula, 3 vezes ao dia (tomar uma cápsula a cada 8 horas).

 

A coloração amarela da urina após a administração do produto é provocada pela riboflavina (vitamina B2). 

 

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

 

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado. 

Gerovital Phytus

As cápsulas devem ser ingeridas com água ou um pouco de líquido. Tomar 2 cápsulas ao dia por via oral, preferencialmente junto com uma das refeições.

O que devo fazer quando esquecer de usar este medicamento?

Tome a dose assim que se lembrar dela. Entretanto, se estiver próximo ao horário da dose seguinte, salte a dose esquecida e continue o tratamento conforme prescrito. Não utilize o dobro da dose para compensar uma dose esquecida.  

 

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista. 

Quais as reações adversas de Gerovital e Gerovital Phytus?

Este medicamento pode causar algumas reações adversas:

 

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): artralgia (inflamação nas articulações).

 

Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): náusea (enjoo), vômito, dor abdominal com cólica e diarreia, prurido cutâneo (coceira na pele), eritema (vermelhidão na pele devido a extravasamento de sangue), erupção cutânea (elevação avermelhada na pele), angioedema (inchaço abaixo da pele causado por alergia), reações alérgicas e anafilaxia (reação alérgica sistêmica, rápida e grave), broncoespasmo, aumento da frequência urinária, cálculo renal (pedras nos rins), cansaço, rubor, visão turva, tonturas, eosinofilia (aumento de eosinófilos no sangue, provavelmente devido à alergia), linfadenopatia (crescimento dos gânglios), intoxicação por iodo.

 

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento. 

O que fazer em caso de superdosagem deste medicamento?

O uso excessivo deste medicamento pode provocar efeitos como pressão alta, dilatação da pupila, insônia, inchaço, dores de cabeça intensas, náusea e vômito (WHO, 1999; BRADLEY, 1992). Em caso de superdosagem, suspender o uso, procurar orientação médica de imediato para que sejam adotadas as medidas habituais de apoio e controle das funções vitais.  

 

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.  

 

Suplementos alimentares – Quando utilizar?

É verdade que os suplementos alimentares estão cada vez mais presentes no dia a dia da nossa população. Dados apresentados pela Associação Brasileira da Indústria de Suplementos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad) apontam que 54% dos lares do país possuem ao menos uma pessoa que consome esse tipo de produto.

 

Segundo a Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição em 2015, Suplementos alimentares são produtos constituídos por fontes concentradas de substâncias como vitaminas, minerais, fibras, proteínas, aminoácidos, ácidos graxos (como o ômega-3), ervas e extratos, probióticos, aminoácidos, enzimas, carotenoides, fitoesterois (como o Gerovital Phytus), entre outros.

 

A partir de sua composição, podem apresentar efeitos nutricionais, metabólicos e/ou fisiológicos que se destinam a complementar a alimentação normal em casos em que a ingestão desses componentes seja insuficiente.

 

O produto pode ser apresentado nas formas sólida, semi-sólida, líquida e aerossol, como tabletes, drágeas, pós, cápsulas, granulados, pastilhas mastigáveis, líquidos e suspensões.

 

É importante deixar bem claro que existem situações nas quais só o alimento não consegue garantir a oferta de todos os nutrientes que precisamos para manutenção de uma vida saudável. Nesses casos, o suplemento alimentar pode ajudar a suprir o déficit. Ou seja, tais produtos não entram no lugar dos alimentos, mas funcionam como coadjuvantes no processo.

 

Enfim, suplementos vitamínicos representam um suporte para o organismo. Atendem, em especial, às diversas situações em que o corpo se ressente da disponibilidade desses nutrientes fundamentais para o seu funcionamento regular.

 

Sua utilização é a maneira mais fácil de suprir as demandas do organismo em função das condições em que ele se encontra ou das atividades que a pessoa desenvolva.

A importância de Gerovital Phytus para controle do colesterol e os benefícios dos fitoesterois

O LDL ou mau colesterol como é mais conhecido, quando em excesso no organismo, se acumula nas artérias em forma de placas de gordura. São consideradas as principais causadoras de infartos, acidentes vasculares cerebrais e derrames. O HDL ou bom colesterol remove parte do mau colesterol das artérias, facilitando sua eliminação pelo organismo. Estudos comprovam que altas concentrações de bom colesterol no sangue estão associadas a um menor risco de ataques cardíacos.

Para evitar o aumento do mau colesterol é indicado praticar atividades físicas regularmente, combater o stress e a obesidade, e eliminar da dieta alimentar fritura, sal, evitar o cigarro e bebida alcoólica.

 

O fitoesterol é um extrato vegetal muito eficaz que, aliado a uma rotina de exercícios físicos e uma alimentação equilibrada auxilia na redução da absorção e controle do colesterol na corrente sanguínea.

 

Por ter uma estrutura química muito semelhante ao colesterol, o Fitoesterol fixa-se nas paredes do intestino impedindo a absorção de colesterol.

Onde comprar Gerovital e Gerovital Phytus?

O nosso buscador e comparador de preços Cliquefarma faz o trabalho todo para você. Aqui você encontra quais as farmácias com o melhor preço de Gerovital e Gerovital Phytus e as melhores condições de entrega para comprar sem sair da sua casa! Confira agora mesmo! 

 

Gostaria de nos contar sua experiência fazendo uso desses suplementos ou ainda tem alguma dúvida sobre eles? Conte tudo pra gente nos comentários abaixo que lhe responderemos com prazer!