Emplastro

Emplastro – Alívio imediato!

28/05/2021 0 Por cliquefarma

Quando se trata de cicatrização de feridas e alívio para dores, é vital garantir que a cicatrização seja a mais rápida e eficaz possível, para isso, usar o curativo certo é fundamental. O tipo de curativo usado para curar uma ferida deve sempre depender de vários fatores, incluindo o tipo de lesão, o tamanho, a localização e a gravidade.

Podemos dizer que o emplastro é um tipo de curativo ou até mesmo um remédio que ajuda a cicatrizar feridas, aliviar dores musculares, e tratar algumas erupções inflamatórias na pele como furúnculos.

Esse método tem origem milenar, e no passado eram usadas ervas medicinais e outras substâncias encontradas na natureza para para fazer os emplastros, técnicas que até hoje são utilizadas por muitos.

À medida que o tempo passou e a medicina evoluiu, os emplastros também evoluíram e a algum tempo já existem os emplastros adesivos feitos por indústrias farmacêuticas principalmente com o objetivo de aliviar dores musculares.

Nesse artigo vamos aprender um pouco mais sobre os emplastros e como podem ser usados para tratar ferimentos, inflamações e dores musculares.

Uma breve história sobre os emplastros

A história da cura de feridas é, em certo sentido, a história da humanidade. Um dos mais antigos manuscritos médicos conhecidos pelo homem é uma tábua de argila que data de 2200 aC. Esta tabuinha descreve, talvez pela primeira vez, os três gestos de cura – lavar as feridas, fazer os curativos e enfaixar a ferida.

O que os antigos e os primeiros modernos chamavam de emplastros é o equivalente atual dos curativos para feridas. Esses emplastros eram misturas de substâncias, incluindo lama ou argila, plantas e ervas. 

Emplastros foram aplicados nas feridas para proteger e absorver as secreções que essas feridas expeliam. Um dos ingredientes mais comuns usados em emplastros era o óleo. O óleo pode ter fornecido alguma proteção contra infecções, já que as bactérias têm dificuldade de se desenvolver no óleo, e o óleo teria evitado que o curativo grudasse na ferida como um curativo não aderente. 

Os egípcios podem ter sido os primeiros a usar emplastros adesivos e certamente foram os primeiros a aplicar mel nas feridas. Mel, graxa e fiapos eram os principais componentes do curativo mais comum usado pelos egípcios. 

O fiapo feito de fibra vegetal provavelmente ajudava na drenagem da ferida; graxa e mel podem ter protegido a ferida de infecções. A graxa feita de gordura animal pode ter fornecido uma barreira às bactérias. Embora o mel pareça ser um agente antibacteriano eficaz, ele tem muitas outras propriedades curativas. O mel é usado há milhares de anos e ainda faz parte de muitos curativos avançados. O mel também era usado no tratamento de feridas na Índia muito antes da época de Cristo, demonstrando que culturas médicas separadas chegaram empiricamente à mesma terapia bem-sucedida.

No século 20, veio o advento da moderna cura de feridas. Atualmente, existem mais de 5.000 produtos para o tratamento de feridas. A maioria dos curativos modernos contém materiais altamente absorventes, como alginatos, espuma ou carboximetilcelulose. 

Existem curativos oclusivos e curativos semi oclusivos. Existem fatores de crescimento, curativos avançados à base de mel e produtos de limpeza à base de ácido hipocloroso. Tecidos de bioengenharia, terapia de pressão negativa e oxigenoterapia hiperbárica mudaram a maneira como tratamos muitas feridas crônicas atualmente.

Mesmo com tanto avanço na medicina, os emplastros ainda são utilizados hoje, e possuem um resultado altamente eficaz.

emplastro

Emplastro de argila

O emplastro de argila é usado para lesões agudas, como traumas e hematomas que ajudam a desinchar o local e aliviar a dor.

A argila é rica em magnésio, selênio e potássio, por isso a argila age de forma eficaz no processo inflamatório, ajuda no edema, e remineraliza a região que sofreu o trauma e consequentemente vasculariza melhor a região diminuindo o edema, dando um efeito analgesico que vai aliviar a dor.

Para fazer o emplastro de argila você vai precisar de:

100 gramas de argila verde em pó 

3 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto

Em um recipiente misture a argila e o vinagre até virar uma pasta consistente, se 3 colheres de vinagre não forem suficientes, adicione mais um pouco até virar a pasta.

Envolva a região afetada com a mistura e em seguida envolva a região com papel toalha ou papel higiênico, e depois envolva o papel em plástico filme.

Para um melhor resultado você pode dormir com esse emplastro e retirá-lo pela manhã.

Você pode também usar o emplastro de argila para cicatrização de feridas, pois ela possui propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes.

Emplastro com mel

O mel cru é um excelente remédio para ajudar a curar feridas mais rapidamente. O mel pode ajudar a limpar a ferida, diminuir os sinais de infecção, incluindo pus e odores, reduzir a dor e até mesmo acelerar o processo de cicatrização.

Pesquisas mostram que o mel atua como um curativo anti-séptico eficaz. O mel realmente reage com os fluidos do corpo para produzir peróxido de hidrogênio, criando um ambiente inóspito para as bactérias.

 Além disso, as concentrações de peróxido de hidrogênio geradas são muito baixas em comparação com aquelas normalmente aplicadas a uma ferida, portanto, o dano citotóxico por peróxido de hidrogênio é muito baixo. Em outras palavras, o mel pode promover níveis ideais de peróxido de hidrogênio em vez da aplicação de peróxido de hidrogênio puro, que às vezes pode ser muito forte para feridas e causar danos aos tecidos.

Em estudos realizados, o mel demonstrou ajudar em uma grande variedade de feridas, incluindo aquelas que ocorrem após a cirurgia, úlceras crônicas nas pernas, abcessos, queimaduras, escoriações e cortes. O mel parece reduzir odores e pus, ajudar a limpar a ferida, reduzir infecções, reduzir a dor e diminuir o tempo de cicatrização.

Para o tratamento de queimaduras e feridas, um mel de alta qualidade pode ser aplicado como um emplastro, embebido em uma gaze e enrolado com uma faixa de bandagem e ser trocado a cada 24 a 48 horas.

Emplastros para furúnculo 

Um furúnculo é uma infecção causada por bactérias. Ela começa na glândula sebácea ou no folículo piloso e resulta em uma irritação vermelha e cheia de pus no meio. As bactérias entram no corpo por meio de cortes e entalhes.

É altamente contagioso e pode ser acompanhado de febre também. Normalmente, surgem furúnculos onde há suor e fricção e em qualquer outro lugar do corpo com folículos capilares, como axilas e nádegas. Isso também inclui o rosto, ombros e pescoço.

Qualquer pessoa corre o risco de desenvolver furúnculo, especialmente aqueles que têm um sistema imunológico enfraquecido ou comprometido que não consegue combater infecções.

Compressas quentes e úmidas é útil para diminuir a dor e aumentar o fluxo sanguíneo para a área. Também promove a circulação e ajuda a atrair o pus para a superfície, para eventualmente estourar. Faça isso diariamente para ajudar a acelerar o processo e ajudar o furúnculo estourar e escorrer por conta própria.

Se o furúnculo aberto for mantido limpo, seco e protegido, ele deve cicatrizar em pouco tempo, de acordo com o seu tamanho e o lugar onde ele se localiza.

Além de compressas quentes, alguns emplastros podem auxiliar no tratamento dessas erupções na pele.

Soluções caseiras de emplastros para tratamento de furúnculos

Embora não haja muitos estudos que comprovem a eficácia, vários remédios caseiros adicionais têm mostrado estimular os furúnculos a drenar ou melhorar o tempo de cura naturalmente.

Qualquer substância natural que tenha princípios ativos anti bactericidas, e anti fúngicos aceleram e auxiliam na recuperação das lesões causadas por furúnculos, promovendo um melhor fluxo sanguíneo na região afetada.

Óleo de melaleuca

Essa planta possui princípios ativos que combatem bactérias e fungos, além de ser anti sépticos. Esses princípios ativos auxiliam no tratamento das infecções que causam os furúnculos

Para potencializar a ação do óleo de melaleuca e evitar que ele queime a pele, misture-o com óleo de coco para fazer o emplastro.

Coloque o óleo de melaleuca diluído com óleo de coco em uma gaze e aplique no furúnculo por 5 minutos algumas vezes nos dias. Faça isso todos os dias até que a erupção na pele desapareça totalmente.

Açafrão em pó 

Açafrão em pó, também conhecido com curcuma tem poder antibacteriano e anti-inflamatório.

Essas propriedades auxiliam no processo de cura do furúnculo e o elimina rapidamente. 

Para fazer o emplastro com o açafrão você vai precisar dos seguintes produtos:

2 colheres sopa de curcuma

1 colher de chá de gengibre ralado

1 colher de chá de água

Para usar como emplastro, misture a curcuma com água, e o gengibre até formar uma mistura de aspecto pastoso. Aplique a pasta no furúnculo com a ajuda de uma gaze de 3 a 4 vezes ao dia.

Óleo de rícino

Esse óleo possui um poder anti inflamatório muito forte, que junto com seu  poder bactericida auxilia no processo de tratamento e cura do furúnculo

Encharque uma gaze com óleo de rícino para formar o emplastro e aplique diretamente no furúnculo de 3 a 4 vezes ao dia até que o furúnculo seja eliminado completamente da pele.

Emplastro de farinha e azeite

A farinha de mandioca possui propriedades anti inflamatórias e analgésicas, da mesma forma que o azeite de oliva. 

Além disso, o calor que esses produtos promovem em um furúnculo, vão ajudar a tratar a lesão.

Para fazer o emplastro de farinha e azeite você vai precisar de:

3 colheres de sopa de farinha de mandioca

1 colher de sopa de azeite de oliva

Em um recipiente misture os ingredientes até formar uma pasta. Essa pasta deve ser aplicada diretamente no furúnculo e em seguida você deve envolver a pasta com papel toalha.

Deixe a mistura de azeite com farinha envolvida no furúnculo por 40 minutos. Faça isso até o furúnculo sumir.

Emplastro com bicarbonato de sódio

O Emplastro de bicarbonato de sódio vai ajudar a drenar o furúnculo na pele de forma natural.

Misture o bicarbonato de sódio e a água até formar uma pasta grossa Aplicar no furúnculo e na área ao redor dele na pele.

Emplastro com cebola

As cebolas têm compostos ativos e propriedades anti inflamatórias que podem aliviar a dor de um furúnculo. Ele também tem propriedades antifúngicas e antissépticas para combater furúnculos e evitar que se desenvolvam novamente. 

Coloque uma fatia de cebola sobre o furúnculo e cubra com uma gaze durante a noite. Isso deve gerar calor e fazer o sangue circular. Continue o processo até que o furúnculo suma por completo. 

Quando ver um médico

Embora os tratamentos caseiros sejam eficazes, é bom ficar atento a alguns indícios que podem surgir e diante deles você deve procurar ajuda médica.

  • Estrias vermelhas ao redor da pele do furúnculo
  • A dor piora
  • O furúnculo não escorra
  • Febre
  • Gânglios linfáticos inchados

Emplastros para feridas

As feridas abertas são um pesadelo; não só são dolorosas, mas também demoram para cicatrizar completamente. Para não esquecer, elas deixam uma marca permanente em sua pele. 

Como se não bastasse, é preciso evitar que a ferida infeccione, o que retarda o processo de cicatrização. Aplicar uma série de pomadas comerciais na ferida pode ou não ajudar a cicatrizar, mas algumas coisas que você tem em casa podem ser usadas como emplastros para ajudar no tratamento de feridas.

Certifique-se de usá-los regularmente para ver os melhores resultados. Observe que esses ingredientes funcionam melhor com tratamentos em feridas menores. Em caso de ferimentos graves, recorra a medicamentos sob supervisão de um profissional.

Emplastro

Cúrcuma

O humilde tempero de cozinha é um agente antisséptico e antibiótico natural que tem sido usado há anos para fins medicinais. De acordo com um estudo, a curcumina na cúrcuma ajuda a aumentar a cicatrização de feridas modulando o colágeno. 

Se a ferida estiver sangrando, faça um emplastro de açafrão e água até formar uma pasta e aplique na ferida, o sangramento irá parar imediatamente.

Alho

O alho é conhecido por suas propriedades antimicrobianas e antibióticas; ou seja, pode ajudar instantaneamente a parar o sangramento, reduzir a dor e promover a cura. Na verdade, o alho também aumenta as defesas naturais do corpo contra infecções. 

Se a ferida estiver sangrando, apenas aplique um emplastro de alho esmagado sobre ela.

Babosa

A babosa ou Aloe Vera tem propriedades analgésicas, anti inflamatórias e calmantes que facilitam o processo de cicatrização. Na verdade, seu gel contém fitoquímicos que ajudam a aliviar a dor e reduzir a inflamação. 

Corte uma folha de aloe vera e extraia o gel. Faça um emplastro com o gel extraído com uma gaze e aplique sobre a ferida e deixe lá até secar completamente. Em seguida, limpe a área com água morna e seque com uma toalha limpa. 

Óleo de coco

O óleo de coco ajuda a aliviar a dor e mantém as infecções sob controle; graças às suas propriedades hidratantes, anti inflamatórias e antibacterianas. Na verdade, o óleo de coco também ajuda a prevenir cicatrizes.

Tudo que você precisa fazer é aplicar este óleo na área afetada e cobri-la com um pano limpo ou uma gaze. Reaplique o óleo de coco pelo menos 2-3 vezes ao dia.

Cebola

A cebola tem um composto antimicrobiano conhecido como alicina, que protege a ferida infecciosa. 

Basta bater no liquidificador a cebola e o mel e fazer uma pasta. Aplique-o diretamente sobre a ferida para acelerar o processo de cicatrização.

Camomila 

Embora mais de 1 milhão de xícaras de chá de camomila sejam consumidas todos os dias, a erva de camomila representa muito mais do que uma mera bebida.

Historicamente, a camomila tem sido usada para tratar úlceras, feridas, inflamação, espasmos musculares e muito mais. 

O uso da camomila para aplicações medicinais e tópicas deve-se provavelmente às suas poderosas propriedades anti inflamatórias, bacteriostáticas, antimicrobianas e anti sépticas.

Pesquisas mostram que o óleo essencial de camomila promove a cicatrização da pele por meio da secagem da ferida, melhora a epitelização, diminui a área da ferida e melhora a contração da ferida. Na verdade, alguns especialistas sugeriram que a camomila pode superar os corticosteróides no que diz respeito à cicatrização de feridas.

Para fazer os emplastros de camomila você pode macerar folhas frescas de camomila junto com uma colher de chá seu óleo essencial, macere até formar uma pasta e aplique sobre a ferida.

Emplastro de farmácia

Embora os emplastros feitos em casa sejam muito úteis, os emplastros que podem ser adquiridos em farmácia tem muita eficácia.

Esses emplastros geralmente são curativos adesivos que servem para tratar feridas, queimaduras ou dores musculares.

Vamos ver alguns dos mais comuns.

Emplastro hidrocolóide

Curativos hidrocolóides podem ser usados em queimaduras, feridas que emitem líquido, feridas necróticas, úlceras de pressão e úlceras venosas. São curativos não respiráveis, autoadesivos e que não requerem fita adesiva. O material flexível de que são feitos os torna confortáveis de usar e adequados até mesmo para os tipos de pele mais sensíveis.

Emplastro de hidrogel 

O hidrogel pode ser usado para uma variedade de feridas com vazamento de pouco ou nenhum fluido, feridas dolorosas ou necróticas, úlceras de pressão ou áreas doloridas. O hidrogel também pode ser usado para queimaduras de segundo grau e feridas infectadas.

Os curativos de hidrogel são projetados para maximizar o conforto do paciente e reduzir a dor, ajudando a curar feridas ou queimaduras e a combater infecções.

Emplastro de colágeno.

Curativos de colágeno podem ser usados para feridas crônicas ou estagnadas, úlceras de pressão, locais de transplante, feridas cirúrgicas, úlceras, queimaduras ou ferimentos com uma grande área de superfície. Esses curativos funcionam como um suporte para o crescimento de novas células e podem ser altamente eficazes quando se trata de cura.

Os curativos de colágeno estimulam o processo de cicatrização de feridas de várias maneiras; isso inclui ajudar a remover o tecido morto, auxiliando no crescimento de novos vasos sanguíneos e ajudando a unir as bordas da ferida, acelerando efetivamente a cicatrização.

Emplastro de salicilato de metila

Esse tipo de emplastro é usado para o tratamento de dores musculares. 

Esse adesivo contém substâncias que aliviam as dores musculares na região onde é colocado de forma rápida e eficaz.

Perguntas

Se antes de ler esse artigo você nunca tenha ouvido falar de emplastros, com certeza agora você sabe muita coisa sobre esse universo. Mas para esclarecer possíveis dúvidas que você talvez ainda tenha, separamos algumas perguntas sobre emplastros junto com suas respectivas respostas.

O que é emplastro

Também conhecidos como curativos adesivos, os emplastros são curativos estéreis usados para cobrir cortes leves, escoriações e feridas com sangramento leve. Proteger esses ferimentos ajuda a prevenir infecções e outros danos.

Os emplastros também são utilizados para para tratar dores musculares e reumáticas. 

Para que serve emplastro

Seja caseiro ou de farmácia, o emplastro serve para ajudar na cicatrização de feridas, bem como impedir a proliferação de bactérias nessas regiões que podem causar infecções.

Alguns tipos de emplastro servem também para aliviar dores e traumas.

Porque emplastro esquenta

Alguns tipos de emplastros esquentam pois os princípios ativos que contém nesses emplastros aquecem a região em que ele foi aplicado a fim de agir para solucionar o problema.

Um desses emplastros é o usado para aliviar dores musculares, muitos desses emplastros contém uma substância chamada cânfora, a cânfora causa esse efeito de aquecimento da pele pois promove uma ação anti-inflamatória nos músculos.

Emplastro

Quanto custa os emplastros

Os preços dos emplastros são variados, muito depende do seu tamanho, utilidade e resistência. Mesmo assim, os preços não costumam ser muito altos.

De qualquer forma, você pode optar por experimentar os emplastros caseiros que apresentamos no artigo, é uma boa forma de economizar, pois os produtos que você vai precisar para fazê-los são de fácil acesso e muitos deles você já pode ter em casa.

Mas não esqueça que antes de utilizar qualquer produto consulte o seu médico.

Onde comprar emplastro

Os emplastros são produtos bem práticos que podem ser utilizados para diversos tratamentos.

É importante ressaltar que apenas os produtos aprovados pela Anvisa possuem eficácia totalmente comprovada e são seguros para o uso.

Com o buscador de preços da Cliquefarma você vai encontrar os melhores emplastros aprovados pela Anvisa e as melhores marcas. Além disso, você vai achar um produto que cabe no seu bolso!

Se você gostou desse artigo, curta, comente e compartilhe com outros!