Linha de medicamentos Resfenol – Para que serve?

14/01/2020 0 Por Alana Dizioli

Resfenol é uma linha de medicamentos fabricada e distribuída no mercado pelo laboratório Kley Hertz, indicada para a terapia sintomática da gripe. Resfenol possui ação analgésica, antitérmica, antialérgica e descongestionante e está devidamente registrado na ANVISA, na classe terapêutica de medicamentos de produtos para.terapia sintomática da gripe.

Quais as indicações?

Resfenol é indicado no tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Age no alívio da congestão nasal, coriza, febre, dor de cabeça e dores musculares presentes nos estados gripais.

 

Apresentações de Resfenol

Composição 

 

Cada cápsula contém:

paracetamol ………….400 mg

maleato de clorfeniramina …………4 mg

cloridrato de fenilefrina …………4 mg

excipiente q.s.p ………… 1 cápsula

Excipientes: estearato de magnésio, amido, talco e água deionizada.

 

Uso Oral

 

Uso Adulto

 

Cápsulas de 400 mg de paracetamol + 4 mg de maleato de clorfeniramina + 4 mg de cloridrato de fenilefrina, em cartucho com 20, 120 ou 240 cápsulas em blísteres.

Princípios ativos: paracetamol, maleato de clorfeniramina, cloridrato de fenilefrina.

 

Uso Oral 

 

Uso Adulto

 

Solução oral contendo 40 mg/mL paracetamol + 0,6 mg/mL maleato de clorfeniramina + 0,6 mg/mL cloridrato de fenilefrina em frasco de vidro âmbar com 100mL. Acompanha copo de medida.

 

Composição

Cada mL de solução oral contém: paracetamol ……………………………………… 40,0 mg maleato de clorfeniramina ……………………. 0,6 mg cloridrato de fenilefrina ……………………….. 0,6 mg Veículo q.s.p. …………………………………………. 1 mL Veículo: metilparabeno, propilparabeno, propilenoglicol, sacarose, álcool etílico (9,5 % v/v), aroma natural de laranja, corante amarelo crepúsculo FD&C 6 e água deionizada.

Qual o mecanismo de ação esperado de Resfenol?

Resfenol atua a nível de Sistema Nervoso Central promovendo a diminuição da febre e da sensibilidade à dor. Além disso, bloqueia a liberação de certas substâncias responsáveis pelos efeitos alérgicos, diminuindo edema, coriza e rinite, possibilitando o descongestionamento nasal. O início do efeito ocorre em 15 minutos após a administração. 

Resfenol possui contraindicações?

Resfenol é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, pressão alta, doença cardíaca, diabetes, glaucoma, hipertrofia da próstata, doença renal crônica, insuficiência hepática grave, disfunção tireoidiana, gravidez e lactação sem controle médico.

 

Contraindicado para menores de 18 anos.

 

Não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou cirurgião-dentista.

Quais as precauções e advertências a que devo me atentar?

O medicamento não deve ser administrado concomitantemente com inibidores da MAO (monoaminooxidase), como a fenelzina, com barbitúricos, como o fenobarbital ou com álcool. 

 

Alterações em exames laboratoriais: Os testes de função pancreática utilizando a bentiromida ficam invalidados, a menos que o uso do medicamento seja descontinuado 3 (três) dias antes da realização do exame. Na determinação do ácido 5-hidroxiindolacético utilizando o reagente nitrosonaftol, falsos valores aumentados podem ser produzidos. Não use outro produto que contenha paracetamol. 

 

As cápsulas de Resfenol contêm o corante amarelo TARTRAZINA, que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico. 

 

Durante o tratamento com Resfenol, não dirija veículos ou opere máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas. 

 

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. 

 

Resfenol cápsulas deve ser utilizado com cuidado por diabéticos, de preferência com acompanhamento médico. 

 

Pacientes idosos: é recomendado o uso sob orientação médica. 

 

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. 

Quais as interações medicamentosas de Resfenol?

Não use outro produto que contenha paracetamol.

 

O medicamento não deve ser administrado concomitantemente com inibidores da MAO (monoaminooxidase), como a fenelzina, com barbitúricos, como o fenobarbital ou com álcool.

Uso de Resfenol na gravidez e amamentação

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

 

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Instruções de armazenamento, data de fabricação, prazo de validade e aspecto físico de Resfenol

Conservar o produto em sua embalagem original e em temperatura ambiente (entre 15 -30 ºC). Proteger da luz e umidade. 

 

Número de lote, datas de fabricação e validade: vide embalagem. 

 

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

 

Características físicas e organolépticas do medicamento: cápsula gelatinosa dura vermelha e amarela, com a inscrição RESFENOL.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

 

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Posologia, dosagem e instruções de uso de Resfenol

Cápsulas

USO ORAL

 

Adultos (de 18 a 60 anos): 1 cápsula a cada 4 horas.

 

Ingerir com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidas.

Limite máximo diário: Não tomar mais de 5 cápsulas ao dia.

Duração do tratamento: conforme orientação médica.

Solução

USO ORAL 

 

Adultos (de 18 a 60 anos): 10 mL a cada 6 horas. 

 

Duração do tratamento: conforme orientação médica. 

Limite máximo diário: não tomar mais de 40 mL ao dia.

 

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvida sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

 

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Diferença entre gripe e resfriado

É comum algumas pessoas após o primeiro espirro e o início da coriza acreditarem que estão gripadas. Mas será que realmente se trata de uma gripe ou estamos lidando com um caso de resfriado? Você sabia que as duas são doenças diferentes e o que, muitas vezes, se pensa que é gripe, na realidade, é um resfriado? A seguir acompanhe as principais diferenças entre essas duas enfermidades:

Gripe

A gripe é causada por um vírus de nome Influenza, que possui vários sorotipos e sofre constante mutação. Esse vírus, que causa sintomas aproximadamente 24 horas após o contágio, é responsável por desencadear no paciente febre alta, dores musculares, dor de garganta, dor de cabeça, cansaço, tosse geralmente seca e coriza. 

 

O que é Influenza?

A gripe também é chamada de influenza (nome do vírus causador), que é uma infecção viral dos pulmões e das vias aéreas. Ela provoca febre, coriza, dor de garganta, tosse, dor de cabeça, dores musculares (mialgias) e uma sensação de indisposição (mal-estar) geral.

 

  • O vírus é transmitido por inalação de gotículas provenientes da tosse ou dos espirros de uma pessoa infectada ou pelo contato direto com as secreções nasais da pessoa infectada.
  • A gripe muitas vezes começa com calafrios, seguidos de febre, dores musculares, dor de cabeça, dor de garganta, tosse, escorrimento nasal e uma sensação de mal-estar geral.
  • A gripe é muitas vezes diagnosticada com base nos sintomas.
  • A vacinação anual contra a gripe é a melhor maneira de evitar a gripe.
  • Descansar, beber bastante líquido e evitar esforços podem ajudar as pessoas a se recuperar, assim como tomar analgésicos, descongestionantes e às vezes medicamentos antivirais.

A gripe é claramente distinta do resfriado comum. Ela é causada por um vírus diferente e provoca sintomas mais graves. Além disso, a gripe afeta células muito mais profundas nas vias respiratórias.

 

Ela também pode deixar os olhos vermelhos e lacrimejantes e causar diarreia e vômitos. O sintoma mais marcante, sem dúvidas, é a febre, a qual dura em média três dias. Após cessar a febre, outros sintomas podem manter-se por mais três a quatro dias.

 

A gripe é uma doença relativamente grave, que pode até mesmo levar à morte. Sua principal complicação é a pneumonia. Frequentemente, o vírus causa epidemias e pandemias graves. Como exemplo de pandemia que vivemos recentemente, podemos citar a de gripe A, também conhecida como H1N1, que atingiu vários países em 2009.

 

Como acontece o tratamento

O principal tratamento para a gripe consiste em repouso adequado, em beber grandes quantidades de líquido e em evitar qualquer esforço. As atividades habituais podem ser retomadas 24 a 48 horas após a normalização da temperatura corporal, embora sejam quase sempre necessários vários dias para a recuperação.

 

A febre e as dores podem ser tratadas com medicamentos como Resfenol, e outros como a aspirina e o ibuprofeno. Devido ao risco da síndrome de Reye, crianças e adolescentes (até 18 anos de idade) não devem tomar aspirina e nem Resfenol. São usados paracetamol e ibuprofeno em crianças, se necessário. Outras medidas como as listadas para o resfriado comum, como descongestionantes nasais e inalação de vapor, podem contribuir para o alívio dos sintomas.

 

Os mesmos medicamentos antivirais que previnem a infecção (oseltamivir e zanamivir) também são úteis no tratamento de pessoas com gripe. Porém, esses medicamentos apenas funcionam quando usados no primeiro ou segundo dia após o início dos sintomas, e eles reduzem a gravidade dos sintomas e abreviam a duração da febre e o tempo para retornar às atividades normais, mas em apenas um dia, aproximadamente. 

 

Que medicamento ou medicamentos são usados depende do vírus específico da gripe que está causando a infecção. Oseltamivir, tomado por via oral, e zanamivir, tomado por inalador, são eficazes contra os vírus da gripe tipo A e tipo B. Oseltamivir pode ser usado em crianças pequenas com 1 ano de idade. Zanamivir pode ser usado em adultos e crianças com 7 anos ou mais.

 

Caso uma infecção bacteriana se desenvolva, são acrescentados antibióticos.

Resfriado

O resfriado é uma doença respiratória também causada por vírus, mas não o mesmo vírus que causa a gripe. Ele é um dos problemas mais comuns no inverno, entretanto, os vírus circulam na população durante todo o ano. Em geral, os vírus que mais causam resfriado são os rinovírus, que apresentam mais de 100 sorotipos.

 

Os sintomas do resfriado são similares aos da gripe, mas mais brandos e com tempo de duração mais curto, cerca de 2 a 4 dias. A principal diferença entre o resfriado e a gripe, no que diz respeito aos sintomas, é que, na gripe, observa-se febre alta, o que não é comum no resfriado. 

 

A febre no resfriado, quando ocorre, geralmente é baixa. Os sintomas dessa doença relacionam-se com as vias aéreas superiores, e o paciente costuma apresentar coriza e obstrução do nariz.

Vacina para resfriado, existe?

Infelizmente não existe vacina contra o resfriado, apenas para a gripe. A vacina da gripe é oferecida anualmente para que seja possível a imunização em relação aos vírus que estão circulando naquele período. Por sofrer mutação, o tipo de vírus Influenza que está circulando no ambiente em um ano pode não ser o que circulou no ano anterior, por isso, é necessária a vacinação anual.

 

Como evitar essas duas doenças?

A gripe, assim como o resfriado, pode ser transmitida pelo ar, sendo contraída quando entramos em contato com o vírus que foi eliminado pelo doente na hora da tosse, espirro ou, até mesmo, durante uma conversa ou contato com objetos contaminados. Essas doenças podem ser evitadas com medidas simples. São elas:

 

  • Lavar bem as mãos;
  • Limpar o nariz com lenço descartável;
  • Cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Evitar aglomerações e preferir ambientes bem ventilados.

 

O que devo fazer quando esquecer de usar Resfenol?

Caso haja esquecimento de alguma dose, seguir o tratamento conforme as dosagens recomendadas. 

 

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Resfenol tem efeitos colaterais?

Durante o tratamento, podem surgir as seguintes reações adversas: 

 

Reação muito comum (ocorre em 10% ou mais dos pacientes que utilizam este medicamento): sonolência, náuseas. 

 

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor ocular, tontura, palpitações, boca seca, desconforto gástrico, diarreia, tremor, sede. 

 

Reação rara (ocorre entre 0,01% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): agitação, ardência ocular, flatulência, sudorese, turvação visual. 

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): irritação no estômago, insônia, cansaço.

 

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

 

O que fazer em caso de superdosagem de Resfenol?

Procurar auxílio médico para que sejam adotadas as medidas habituais de apoio e controle das funções vitais. Promover esvaziamento gástrico através da indução de êmese ou lavagem gástrica. 

 

A N-acetilcisteína, administrada por via oral, é um antídoto específico para toxicidade induzida pelo paracetamol, devendo ser instituída nas primeiras 24 horas. 

 

Medidas de manutenção do estado geral devem ser observadas, como hidratação, balanço hidroeletrolítico e correção de hipoglicemia. 

 

A síndrome de abuso do Resfenol é caso raro de intoxicação por uso excessivo e prolongado do medicamento associado a sintomas de esquizofrenia, como, por exemplo, alucinações. O uso deste medicamento deve acontecer de forma racional, na posologia indicada na bula e por um curto período de tempo. Por isso, ao persistirem os sintomas, procure um médico. 

 

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Onde comprar?

Você pode adquirir toda a linha Resfenol em qualquer farmácia ou drogaria da sua região. Acesse agora mesmo o Cliquefarma e encontre as melhores opções de preço do medicamento e condições de entrega para comprar sem nem precisar sair de casa! Confira só!

 

Comente conosco no quadro abaixo as suas experiências com medicamentos Resfenol. Queremos saber sua opinião!