Suplemento Alimentar para Adultos, para que serve? Descubra.

10/09/2021 0 Por cliquefarma

Quando éramos crianças nossos pais certamente se preocupavam em nos proporcionar uma alimentação saudável, rica em vegetais, frutas e proteínas. Mas à medida que crescemos e começamos a fazer nossas próprias escolhas e a tomar nossas próprias decisões, é bem provável que muitos de nós mudamos também a maneira como nos alimentamos.

Pesquisas mostram que na maioria dos países desenvolvidos mais da metade dos adultos possuem uma alimentação desequilibrada, baseada em carboidratos e gorduras. Isso é um grande problema, pois esse tipo de alimentação pode causar diversos problemas de saúde.

A alimentação de um adulto que é baseada em gorduras e carboidratos pode levar a problemas cardíacos, problemas nos ossos, obesidade e até mesmo a problemas psicológicos.

Esse desequilíbrio na alimentação muitas vezes se deve a falta de tempo para preparar refeições saudáveis. Enquanto crianças, recebemos nossas refeições prontas, feitas pelas mães e de forma bastante equilibrada.

Depois que crescemos perdemos esse conforto e geralmente também o equilíbrio alimentar. Mas é extremamente necessário manter uma alimentação baseada em nutrientes, visto que é na fase adulta que muitas doenças podem se desenvolver.

Manter uma alimentação saudável é essencial para manter o bom funcionamento do corpo. Nosso corpo precisa de muitos nutrientes diariamente para desempenhar as funções básicas.

Se você possui uma rotina muito atarefada, provavelmente não tem tempo para preparar refeições saudáveis. Mas não se preocupe, você pode repor os nutrientes que você precisa de outra forma muito prática.

Sem dúvidas a melhor forma de consumir os melhores nutrientes para o corpo é por meio de uma dieta baseada em frutas, vegetais e proteínas, mas para as pessoas que não conseguem se alimentar dessa forma, existem os suplementos alimentares que podem ajudar a repor as vitaminas e minerais que o corpo precisa.

Os suplementos alimentares geralmente são consumidos por crianças que não conseguem se alimentar bem. Mas existem também suplementos alimentares para adultos que desejam repor os nutrientes que o corpo precisa.

Além disso, pessoas que praticam atividade e querem desenvolver os músculos, costumam usar suplementos alimentares para acelerar o processo. Também, pessoas que desejam emagrecer costumam substituir refeições mais calóricas por suplementos alimentares com menos calorias.

Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre os suplementos alimentares para adultos. 

Você vai ver quais são as utilidades desses produtos e se você pode e deve consumi-los. Mas antes disso, vamos ver quais são os nutrientes essenciais para manter o bom funcionamento do corpo de um adulto.

Suplemento Alimentar para Adultos

Conheça os nutrientes essenciais para um adulto

À medida que uma pessoa envelhece, a absorção dos nutrientes pelo corpo diminui consideravelmente. É por isso que a nossa alimentação deveria ser ainda mais saudável e rica na fase adulta, mas geralmente acontece o oposto.

Existem alguns nutrientes específicos que o nosso corpo absorve em uma quantidade menor na fase adulta, por isso esses nutrientes precisam ser ingeridos e repostos ainda mais do que outros. A seguir veja quais são esses nutrientes.

Cálcio

Seu corpo precisa de cálcio para construir ossos e dentes fortes na infância e na adolescência. Como adulto, você precisa de cálcio para manter a massa óssea. De acordo com especialistas, um adulto deve ingerir 1.136 miligramas de cálcio por dia.

Os seguintes alimentos são boas fontes de cálcio:

  • Iogurte desnatado ou desnatado ( 220 gramas = 345 a 452 miligramas de cálcio)
  • Queijo desnatado ou com baixo teor de gordura ( 30 gramas = 400 miligramas de cálcio)
  • Leite desnatado (1 xícara = 290 miligramas)
  • Peixes e frutos do mar, como sardinhas (90 gramas= 325 miligramas), salmão rosa (90 gramas = 181 miligramas)
  • Feijões como soja (1/2 xícara = 130 miligramas) e feijão branco (1/2 xícara = 96 miligramas)
  • Espinafre (1/2 xícara = 146 miligramas)
  • Farinha de aveia (1 pacote = 99 a 110 miligramas)

Algumas pessoas podem absorver ainda menos cálcio pela dieta. Essas pessoas são:

  • Meninos de 9 a 13 anos
  • Meninas de 9 a 18 anos
  • Homens com mais de 70 anos
  • Mulheres com mais de 50 anos
  • Veganos e vegetarianos
  • Pessoas com intolerância à lactose

Dica rápida: as amêndoas contêm cálcio e são o lanche perfeito. Embale um punhado para levar para o trabalho ou escola para repor o cálcio de forma saudável.

Potássio

Uma dieta rica em potássio ajuda o corpo a manter uma pressão arterial saudável. Especialistas recomendam que um adulto consuma 4.044 miligramas de potássio por dia.

Os seguintes alimentos são boas fontes de potássio:

  • Batata doce (1 batata-doce = 694 miligramas)
  • Batatas brancas (1 batata = 610 miligramas)
  • Feijão branco (1/2 xícara = 595 miligramas)
  • Soja (1/2 xícara = 485 miligramas)
  • Feijão carioca (1/2 xícara = 358 miligramas)
  • Iogurte desnatado (200 gramas = 579 miligramas)
  • Leite desnatado (1 xícara = 366 miligramas)
  • Bananas (1 banana média = 422 miligramas)
  • Pêssegos (1/4 xícara = 398 miligramas)
  • Melão (1/4 de melão médio = 368 miligramas)
  • Atum (90 gramas = 484 miligramas)
  • Bacalhau (90 gramas = 439 miligramas)
  • Produtos a base de tomate (1/2 xícara = 405 miligramas)

O potássio é o nutriente que mais falta em adultos com idade média em todo o mundo.

Dica rápida: corte uma banana e misture com uma xícara de iogurte desnatado ou integral para fazer um lanche saudável ou um lanche leve durante o dia.

Magnésio

O magnésio é um nutriente que ajuda o corpo a produzir energia e ajuda os músculos, artérias e coração a funcionarem adequadamente. De acordo com especialistas, um adulto médio deve ingerir 380 miligramas de magnésio por dia.

Os seguintes alimentos são boas fontes de magnésio:

  • Abóbora (30 gramas = 151 miligramas)
  • Espinafre (1/2 xícara = 81 miligramas)
  • Alcachofras (1/2 xícara = 50 miligramas)
  • Cereais de farelo (30 gramas = 103 miligramas)
  • Soja (1/2 xícara = 74 miligramas)
  • Feijão branco (1/2 xícara = 67 miligramas)
  • Feijão preto (1/2 xícara = 60 miligramas)
  • Feijão vermelho (1/2 xícara = 48 miligramas)
  • Feijão fradinho (1/2 xícara = 44 miligramas)
  • Tofu (1/2 xícara = 47 miligramas)
  • Arroz integral (1/2 xícara = 42 miligramas)
  • Castanha do Pará (30 gramas = 107 miligramas)
  • Amêndoas (30 gramas = 78 miligramas)
  • Castanha de caju (30 gramas = 74 miligramas)
  • Amendoim (30 gramas = 50 miligramas)

Algumas pessoas podem ter ainda menos absorção de magnésio pelo corpo. Veja a seguir quem são essas pessoas:

  • Crianças de 4 a 18 anos
  • Adultos com 51 anos ou mais
  • Pessoas obesas

Dica rápida: Leve sempre com você algumas castanhas ou amendoins para repor a sua dose diária de magnésio

Vitamina A

A vitamina A está associada ao desenvolvimento da visão e ao crescimento e manutenção celular. Os adultos devem ingerir 700-900 microgramas de vitamina A por dia.

Os seguintes alimentos são boas fontes de vitamina A:

Carnes de órgãos, como fígado e miúdos (90 gramas = 1490 a 9126 microgramas)

  • Batata doce (1 batata média = 1096 microgramas)
  • Abóbora (1/2 xícara = 953 microgramas)
  • Cenouras (1/2 xícara = 679 microgramas)
  • Espinafre (1/2 xícara = 573 microgramas)
  • Folhas de nabo (1/2 xícara = 441 microgramas)
  • Melão (1/4 de melão médio = 233 microgramas)

Algumas pessoas podem ter ainda menos absorção de vitamina A pelo corpo. Veja a seguir quem são essas pessoas:

  • Crianças de 4 a 18 anos
  • Adultos com 51 anos ou mais
  • Pessoas obesas
  • Vegetarianos
  • Pessoas que abusam do álcool

Dica rápida: uma batata doce de tamanho médio fornece mais de 100% da quantidade diária recomendada de vitamina A.

Vitamina C

A vitamina C ajuda o corpo a formar colágeno (que é a principal proteína usada como tecido conjuntivo no corpo) nos vasos sanguíneos, ossos, cartilagens e músculos. Os adultos devem ingerir 65 a 90 miligramas de vitamina C por dia.

Os seguintes alimentos são boas fontes de vitamina C:

  • Goiaba (1/2 xícara = 188 miligramas)
  • Laranjas (1 laranja média = 70 miligramas)
  • Kiwi (1 kiwi médio = 70 miligramas)
  • Morangos (1/2 xícara = 49 miligramas)
  • Melão (1/4 de melão médio = 47 miligramas)
  • Mamão (1/4 mamão médio = 47 miligramas)
  • Abacaxi (1/2 xícara = 28 miligramas)
  • Manga (1/2 xícara = 23 miligramas)
  • Pimenta doce vermelha crua (1/2 xícara = 142 miligramas)
  • Pimenta doce verde crua (1/2 xícara = 60 miligramas)
  • Couves de Bruxelas (1/2 xícara = 48 miligramas)
  • Brócolis (1/2 xícara de 38 miligramas)
  • Batata doce (1/2 xícara = 34 miligramas)
  • Couve-flor (1/2 xícara = 28 miligramas)

Algumas pessoas podem ter ainda menos absorção de vitamina C pelo corpo. Veja a seguir quem são essas pessoas:

  • Crianças de 4 a 18 anos
  • Adultos com 51 anos ou mais
  • Pessoas obesas
  • Pessoas que fumam
  • Mulheres grávidas / amamentando

Dica rápida: inclua frutas frescas em cada café da manhã. Uma xícara (cerca de um punhado) de morangos cortados ao meio ou melão em cubos fornece a quantidade diária recomendada de vitamina C.

Vitamina D

Seu corpo precisa de vitamina D para que possa absorver cálcio para promover o crescimento ósseo e manter os ossos e dentes fortes. O adulto médio precisa de 900 miligramas de vitamina D por dia.

Os adultos mais velhos (com 70 anos ou mais) precisam de 1200 miligramas por dia. A maioria das pessoas obtêm algum nível de vitamina D por meio da exposição à luz solar. No entanto, o uso de protetor solar diminuirá sua exposição à vitamina D.

Também é difícil obter vitamina D suficiente apenas com a dieta, porque não há muitas opções de alimentos ricos em vitamina D. Na verdade, algumas fontes alimentares primárias de vitamina D vêm de alimentos que adicionam vitamina D (chamados de alimentos fortificados).

Os seguintes alimentos são fontes de vitamina D:

  • Salmão (90 gramas = 600 miligramas)
  • Peixe-espada (90 gramas = 750 miligramas)
  • Atum enlatado (90 gramas = 250 miligramas)
  • Leite fortificado (220 gramas = 150 miligramas)
  • Suco de laranja fortificado ( 220 gramas = 150 miligramas)
  • Cereal fortificado (1 xícara = 60 miligramas)
  • Iogurte fortificado (170 gramas = 120 miligramas)
  • Queijo, suíço ( 30 gramas = 9 miligramas)

Algumas pessoas absorvem de maneira ainda mais lenta a vitamina D. Essas pessoas são:

  • Crianças de 4 a 18 anos
  • Adultos com 70 anos ou mais
  • Pessoas obesas

Vitamina E

A vitamina E é um antioxidante, um nutriente que ajuda a combater os danos às células do corpo. Os adultos precisam de 15 miligramas de vitamina E por dia.

Os seguintes alimentos são boas fontes de vitamina E:

  • Sementes de girassol (30 gramas = 7,4 miligramas)
  • Amêndoas ( 30 gramas = 7,3 miligramas)
  • Avelãs (30 gramas = 4,3 miligramas)
  • Pinhões (30 gramas = 2,6 miligramas)
  • Amendoim (30 gramas= 2,2 miligramas)
  • Castanha do Pará (30 gramas = 1,6 miligramas)
  • Folhas de nabo (1/2 xícara = 2,9 miligramas)
  • Abacate (1/2 abacate = 2,1 miligramas)
  • Produtos à base de tomate (1/2 xícara = 2,5 miligramas)

Algumas pessoas absorvem de maneira ainda mais lenta a vitamina E. Essas pessoas são:

  • Crianças de 4 a 18 anos
  • Adultos com 51 anos ou mais
  • Pessoas obesas

Dica rápida: um pequeno punhado de amêndoas fornece metade da quantidade diária recomendada de vitamina E.

Para que servem os suplementos

Visto que à medida que envelhecemos o nosso corpo tem mais dificuldade para absorver as vitaminas, os suplementos servem para repor as vitaminas que não conseguimos consumir por meio de uma alimentação saudável.

No tópico anterior vimos algumas das vitaminas que o nosso corpo mais precisa na fase adulta. Essas vitaminas são essenciais para a manutenção da saúde geral do organismo. A falta desses nutrientes pode causar sérios problemas de saúde.

Um exemplo disso é o cálcio e a vitamina D. O cálcio é o mineral responsável pela formação e manutenção dos ossos, já a vitamina D é a responsável por ajudar o corpo a absorver o cálcio. À medida que envelhecemos, nosso corpo diminui ainda mais a absorção do cálcio e da vitamina D e, a falta desses dois nutrientes pode causar osteoporose, principalmente em mulheres adultas.

Diante disso, muitos médicos recomendam o uso de suplementos para evitar esses problemas ou até mesmo tratar alguns problemas que já existem.

Adultos que não conseguem manter uma dieta saudável, baseada em nutrientes vindos de vegetais, frutas e proteínas, precisam consumir esses nutrientes essenciais de alguma forma, caso contrário, podem ter problemas sérios no futuro.

Os suplementos são a chave para repor os nutrientes perdidos com a idade e, quanto mais idade a pessoa tiver, talvez seja ainda mais necessário usar algum suplemento para compensar uma dieta pobre.

Existem vários tipos de suplementos e em várias formas. Os suplementos podem ser de vitaminas, minerais, ácidos graxos, aminoácidos e outras substâncias. Os suplementos podem ser encontrados em cápsulas, comprimidos, líquidos e pós.

Qual é o melhor suplemento alimentar

Existem vários tipos de suplemento alimentar para adultos e, dependendo do seu objetivo ao tomar esses suplementos, um tipo pode melhor que outros.

Muitas pessoas usam suplemento alimentar para adultos com o objetivo de emagrecer, de ganhar massa muscular, para combater os sinais de envelhecimento e para repor algumas vitaminas que não são ingeridas durante a alimentação.

É importante destacar que independentemente do seu objetivo, é necessário pedir o conselho de seu médico antes de tomar qualquer suplemento alimentar. Além disso, a melhor forma de alcançar todos esses objetivos é por meio de uma alimentação saudável, pois isso sempre priorize uma dieta rica para conseguir o que você precisa.

Suplemento alimentar para ganhar massa muscular

Algumas pessoas estão em busca do corpo perfeito e, para conseguir atingir esse objetivo, essas pessoas praticam atividade física intensa na academia. No entanto, para conseguir os músculos tão desejados, é necessário também ingerir uma quantidade significativa de proteínas, pois são as proteínas que auxiliam na formação da massa muscular.

Ter uma alimentação rica em proteínas como ovos, frango, soja, carne bovina e vegetais verdes escuros pode ajudar a ganhar massa muscular junto com o treino adequado. Mas muitas dessas pessoas não conseguem ingerir a quantidade necessária de vitaminas para obter a hipertrofia.

Nesses casos, alguns especialistas recomendam o consumo de suplementos alimentares de proteínas, para que o aumento de massa muscular ocorra com mais facilidade. 

Suplemento alimentar para emagrecer

Enquanto algumas pessoas estão tentando ganhar, outras estão tentando perder. Quando se trata de emagrecimento saudável, uma dieta baseada em alimentos com baixa calorias e a prática de atividade física são essenciais e insubstituíveis.

No entanto, existem suplementos alimentares que foram desenvolvidos para auxiliar nesse processo. Um suplemento alimentar para emagrecer, geralmente contém substâncias termogênicas que aceleram o metabolismo do corpo, auxiliando na queima de gorduras.

Alguns suplementos alimentares para emagrecer também contém substâncias que produzem a saciedade e perda de apetite, coisas que também auxiliam no emagrecimento.

Mas é importante ressaltar que mesmo que esses suplementos auxiliem de alguma forma a perda de peso, o emagrecimento saudável só é alcançado com uma dieta balanceada e com a prática regular de exercícios físicos.

Suplemento alimentar antienvelhecimento

Na fase adulta, algo que assusta muitas pessoas é o envelhecimento. Ninguém quer envelhecer, mas é algo inevitável. No entanto, existem alguns suplementos alimentares que contêm vitaminas e minerais que prometem retardar o envelhecimento, ao mesmo tempo que promovem o envelhecimento saudável.

Esses suplementos contêm substâncias como a vitamina C, a enzima Q10, o colágeno e o ômega 3. Todas essas substâncias são naturais e é cientificamente comprovado que todas essas substâncias auxiliam no combate aos sinais de envelhecimento.

O colágeno, por exemplo, é uma proteína que o corpo produz de forma natural, responsável pelo bom aspecto da pele, do cabelo e dos músculos. Mas aos 30 anos de idade o nosso corpo começa a produzir menos colágeno.

É por isso que a partir dessa idade as rugas começam a ficar mais aparentes e a suplementação alimentar com substâncias antienvelhecimento podem ser muito úteis para combater o envelhecimento precoce.

Suplemento alimentar multivitamínico

Segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE, mais de 90 por cento dos brasileiros adultos não ingerem a quantidade apropriada de nutrientes necessária para o bom funcionamento do corpo.

Boa parte dos adultos não se preocupam muito com a alimentação e, por isso, deixam de consumir os nutrientes que o corpo precisa para funcionar de forma adequada e sem problemas.

Para repor os nutrientes que o corpo precisa, muitas pessoas optam por usar um suplemento alimentar multivitamínico. Esse tipo de suplemento alimentar para adultos contém as principais vitaminas que o corpo precisa para se manter saudável.

Mas é importante lembrar que consumir vitaminas em excesso, não vai potencializar a absorção delas, isso até mesmo pode causar efeitos colaterais. Por isso, se você já possui uma dieta equilibrada, talvez não seja necessário utilizar um suplemento alimentar multivitamínico. Em caso de dúvidas, procure o conselho de seu médico.

Como tomar suplementos – quando eles são indicados

Os suplementos não substituem uma dieta saudável equilibrada. Uma dieta que inclui muitas frutas, vegetais, grãos inteiros, proteínas adequadas e gorduras saudáveis deve normalmente fornecer todos os nutrientes necessários para uma boa saúde.

Mas há certos grupos populacionais ou indivíduos que podem precisar de aconselhamento sobre suplementos, mesmo quando fazem uma dieta saudável e balanceada, ou seja, mulheres em idade reprodutiva, indivíduos que usam medicamentos específicos e idosos.

Apesar de ter um papel importante na saúde de alguns indivíduos, nem todos os suplementos são úteis para todos. Na verdade, para algumas pessoas, não é aconselhável tomar certos suplementos, principalmente em altas doses.

Alguns estudos mostram que os multivitamínicos podem contribuir para um maior risco de ingestão excessiva de nutrientes, e foi sugerido que os multivitamínicos devem ser formulados com maior consideração para a ingestão de micronutrientes dos alimentos.

As pessoas devem prestar atenção especial à leitura do rótulo e garantir que o suplemento seja adequado para elas. Para mulheres grávidas, por exemplo, os suplementos contendo vitamina A (retinol), incluindo óleo de fígado de peixe , podem ser prejudiciais e causar defeitos congênitos se a dose recomendada for muito excedida ou durante um longo período de tempo.

Estudos também destacaram que os fumantes devem ter cuidado com alguns suplementos, em particular com altas doses de betacaroteno.

Cada suplemento possui uma forma de uso, por isso é necessário ler o rótulo de cada produto para saber a forma certa de tomar. Além disso, você pode consultar um médico para que ele possa te aconselhar sobre a melhor forma de usar um suplemento alimentar.

É importante notar que os suplementos alimentares não devem substituir as refeições principais. Muitas pessoas, com o objetivo de perder peso ou até mesmo ganhar massa muscular substituem refeições por suplementos, mas depois de um tempo isso pode ser muito prejudicial.

Coisas que você precisa saber antes de começar a tomar suplemento alimentar

Os suplementos alimentares podem ser muito benéficos, principalmente se forem usados junto com a orientação de seu médico. Mas há algumas coisas que você precisa saber antes de começar a usar qualquer tipo de suplemento.

Os suplementos não podem substituir uma dieta saudável e exercícios

A base para uma boa saúde é uma dieta saudável balanceada, exercícios regulares, sono reparador, uma boa rede social, não fumar e não beber álcool em excesso.

Vitaminas, minerais e outros suplementos não irão substituir isso. Eles, no entanto, podem ser usados ​​para preencher lacunas nutricionais e melhorar nossa saúde.

Alguns exemplos disso incluem:

  • Ácido fólico para mulheres que planejam engravidar ou estão grávidas
  • B12 para veganos e alguns vegetarianos
  • Vitamina D3, cálcio, magnésio e vitamina K para osteoporose
  • Óleo de peixe ômega 3 para triglicerídeos elevados
  • Vitamina E para gordura no fígado
  • Glucosamina e condroitina para osteoartrite
  • Melatonina para dormir
  • Vitamina C e zinco para resfriados

Se você estiver tomando suplementos, seu médico deve saber

Alguns suplementos podem interferir na ação de medicamentos prescritos por meio de vários processos diferentes. Além disso, alguns suplementos podem ser inadequados para pessoas com certas doenças crônicas. Se você estiver tomando suplementos, não deixe de informar o seu médico.

Por exemplo, o excesso de cálcio pode contribuir para a doença arterial coronariana e a niacina pode elevar o açúcar no sangue em diabéticos. Pacientes com hemocromatose, um distúrbio que envolve muito ferro no corpo, devem evitar ferro e vitamina C.

Alguns suplementos foram validados por pesquisas

Há pesquisas fortes, de longa data e baseadas em evidências para alguns suplementos, incluindo esteróis vegetais, ácidos graxos ômega 3, niacina, vitamina B6 e B12 e nozes. Mais e mais dados são publicados a cada ano sobre a eficácia do suplemento.

Alguns suplementos têm interações medicamentosas de alto risco

Certos suplementos podem interagir com seus medicamentos ou aumentar o risco de efeitos colaterais dos medicamentos. Alguns suplementos são conhecidos por apresentar um risco aumentado de lesão hepática. Outros podem diminuir a capacidade de coagulação do sangue – incluem óleo de peixe, ginkgo biloba, alho e vitamina K.

Além disso, o excesso de vitamina E pode aumentar as chances de hemorragia ou sangramento descontrolado. O excesso de vitamina D também pode causar sintomas inespecíficos, como falta de apetite, perda de peso e arritmias cardíacas. Altas doses de vitamina A pode causar defeitos congênitos.

Perguntas

Depois de ler esse artigo, certamente você descobriu muitas coisas a respeito do suplemento alimentar para adultos. Mas talvez tenha restado algumas dúvidas sobre esse universo, por isso a seguir você vai algumas perguntas com suas respectivas respostas sobre o suplemento alimentar para adultos.

Quais suplementos devemos tomar diariamente?

Não existe uma resposta exata para essa pergunta, pois cada pessoa é diferente de outra e, os suplementos necessários para serem tomados diariamente, devem ser escolhidos de acordo com cada indivíduo.

A melhor forma de saber qual suplemento você deve tomar diariamente, é consultando o seu médico. No consultório você vai expor ao seu médico suas necessidades e objetivos, então talvez ele realizará alguns exames para saber de forma mais exata a necessidade do seu organismo e, em seguida, ele vai te orientar a usar os suplementos adequados para você.

Quais são os suplementos que realmente funcionam?

Todos os suplementos que contêm substâncias naturais, possuem alto potencial de funcionamento. Mas não podemos afirmar quais funcionam e quais não funcionam.

Se você está interessado em um suplemento específico, pesquise as substâncias que compõem esse suplemento e veja se há alguma eficácia comprovada por pesquisas das substâncias individuais do produto.

Quais os melhores suplementos para os frequentadores de academias?

Essa resposta depende do objetivo da pessoa que frequenta a academia. Há pelo menos dois objetivos ao praticar atividade física, o primeiro é a hipertrofia, ou seja, o ganho de massa muscular. Já o segundo é a perda de peso.

Para quem frequenta a academia com o objetivo de ganhar massa muscular, os melhores suplementos alimentares são aqueles de proteínas. O consumo adequado de proteínas é essencial para o desenvolvimento dos músculos.

Para as pessoas com o objetivo de perder peso, os melhores suplementos são aqueles que contêm substâncias inibidoras de apetite, como fibras e substâncias que aceleram o metabolismo, proporcionando o aumento da queima de gorduras.

Qual é o suplemento alimentar mais adequado para antienvelhecimento?

Alguns suplementos alimentares são destinados a diminuir os sinais de envelhecimento. Isso porque esses suplementos contêm substâncias que realmente combatem o envelhecimento precoce.

Suplementos que contenham o ácido graxo ômega 3, a vitamina C, colágeno, enzima Q10 e a vitamina E podem ser considerados os melhores suplementos destinados ao antienvelhecimento.

Onde encontrar suplemento alimentar para adultos com preço acessível

O suplemento alimentar para adultos, pode ser de grande ajuda para vários objetivos. Neste artigo vimos que esse tipo de suplemento pode ajudar no ganho de massa muscular, auxiliar no emagrecimento saudável e combater o envelhecimento precoce. Além disso, os suplementos também podem repor vitaminas que não conseguimos consumir por meio da dieta.

É importante lembrar que, mesmo que um suplemento seja totalmente natural, é importante pedir o conselho de um médico antes de tomá-lo. Essa orientação é ainda mais necessária se você possuir alguma doença crônica, for idoso, estiver gestante ou amamentando.

Os suplementos alimentares podem variar bastante de preços entre uma farmácia e outra e, se o seu médico tiver te orientado a consumir esse produto diariamente, é importante encontrar um preço acessível para você.

Para te ajudar a encontrar os melhores preços, para todos os produtos farmacêuticos que você precisa, a cliquefarma desenvolveu uma ferramenta que pode ser muito útil na sua busca pelo melhor preço.

Com essa ferramenta comparativa de preços, você encontra tudo o que precisa de forma prática, segura e com preços que cabem no seu bolso! Experimente agora mesmo o buscador de preços da cliquefarma!

Se você gostou do nosso artigo, curta, comente e compartilhe essas informações com outras pessoas!