Andador de bebe

Andador de bebe

27/04/2021 0 Por Redação CliqueFarma

O andador de bebê é um dos produtos infantis mais usados e muito questionado também. Isso porque, alguns especialistas não recomendam o seu uso, mas outros falam que não tem problema nenhum em usar. 

Quando o bebê começa a ficar de pé e querer andar, por não ter muita firmeza e nem coordenação, eles acabam caindo e podem se machucar, pensando nisso, existe o andador que ajuda o bebê a se equilibrar e dar sustentação. Caso você tenha dúvidas sobre esse produto, acompanhe esse texto, pois vamos explicar tudo sobre, e dar algumas dicas na hora de escolher um para seu filho, desde que seja indicado pelo INMETRO.

Bebe andando

Andador de tecido para bebe

O andador de tecido para bebê ou andador portátil muito querido pelos pais, já que o bebê não fica preso no andador e esse modelo consegue se ajustar no corpo do bebê, deixando o totalmente livre para dar os passinhos, além disso, esse andador de tecido é controlado pelos pais, que ajudam a criança a ficar em pé, mas é o bebê que controla a força, intensidade a a velocidade.

Esse tipo de andador é muito útil e bem acessível, mas como é um produto para ser um usado por pouco tempo, alguns pais acham que não compensam o gasto. Então, se você sentir necessidade de ajudar seu filho a andar, vale a pena o investimento. 

Importante lembrar que não adianta forçar o bebê a andar antes do tempo, pois isso será prejudicial ao desenvolvimento dele, então, quando ele começar a demonstrar os sinais de querer ficar em pé e dar os primeiros passos, aí sim é hora de os pais interferirem. 

Entretanto, caso você perceba que seu filho esteja demorando muito para começar a andar, consulte o médico pediatra dele para que seja examinado e avaliado o caso e, se constatado algum problema, será tratado o mais rápido possível. 

Andador de bebe com trava

Quando o bebê começa a andar, qualquer descuido pode ser perigoso, isso porque eles querem ir para todos os lugares e podem se machucar, principalmente nas casas que tem escadas e degraus. Portanto, se seu filho começou a andar e você quer comprar um andador de bebê para ele, escolha o modelo com trava de segurança, para que seja seguro e com menos riscos de acidentes. 

Dessa forma, quando você for comprar um andador de bebê opte por adquirir aquele que se parece com um carrinho de mercado, ou seja, aquele em que o bebê vai ficar em pé e empurrar o andador e, também, escolha o modelo com trava, pois quando ele estiver andando, o produto vai conseguir reduzir a velocidade ou parar quando necessário.

É importante saber que qualquer produto infantil deve ser aprovado pela ANVISA e ter o selo de qualidade e segurança do Inmetro, pois esses produtos foram muito testados e avaliados para que ofereça a segurança necessária para que acidentes possam acontecer, bem como ser um produto resistente e com peças bem firmes para não se soltarem e correr o risco de o bebê engolir.  

Andador de bebe com base

O andador de bebê com base é aquele que o bebê fica cercado, ou seja, ele fica dentro do andador com proteção de todos os lados e, na maioria dos modelos, o bebê fica sentado, apenas movimentando as perninhas para andar. 

Esse é o modelo mais criticado entre os especialistas, pois faz com que o bebê ande de forma errada, já que quando ele anda sozinho, não fica sentado, além de usar a força errada ao pisar e ficar com uma postura incorreta. 

Esse andador de bebê com base pode dar um impressão errada de ser mais seguro e o que o bebê fica mais protegido, mas ao contrário disso, ele deve ser evitado e quando os pais forem comprar um andador, ele deve ser do tipo que a criança fica em pé e apenas empurra o objeto, que serve como apoio e sustentação. 

Apesar de que o andador com base tenha vários objetos na parte da frente, com formas, cores e sons diferentes para que o bebê aprimore os seus sentidos enquanto anda, ele não é recomendado pelos médicos especialistas nesse assunto e deve ser evitado. 

Andador de bebe de andar em pé

O andador de bebê de andar em pé é o mais recomendado pelos médicos pediatras especialistas nesse assunto, pois esse modelo não vai atrapalhar o desenvolvimento do bebê e nem forçar de maneira errada seus músculos e suas articulações, como o que acontece quando o bebê usa o andador em que ele fica sentado. 

Esse modelo é muito semelhante a um carrinho de mercado, de bebê e de boneca, ele apenas serve para que o bebê se apoie nele para ter equilíbrio e ande, empurrando o andador para frente. Ele não vai interferir em nada do desenvolvimento do bebê, pois, em tese, o bebê anda sozinho. 

Importante mencionar que o seu uso deve ser sempre recomendado e avaliado por um pediatra, pois ele sabe o momento certo de usar e de parar de usar, bem como, se o seu filho precisa mesmo de um andador. 

Andador de bebe elétrico

O andador de bebê é aquele a base de pilhas e que tem inúmeras funcionalidades para fazer com que o bebê se distraia e aprenda muito com as cores, formas, texturas e sons que ele apresenta. O andador de bebê elétrico é multifuncional e estimula ainda mais a criança a andar a desenvolver os seus sentidos. 

Esse produto, em geral, é muito controverso e seu uso é contraindicado em alguns casos, mas usado em outros, dessa forma, se você optar por comprar um andador, escolha o que mais tem funcionalidades e atividades para aprimorar os sentidos do bebê e ajudar no seu desenvolvimento. Lembre-se, também, de conversar com o médico pediatra do seu filho para melhores esclarecimentos. 

Andador de bebe de empurrar

O andador de bebê é muito questionado por especialistas e acabam deixando os pais sem saber se podem ou não dar aos seus filhos. Entretanto, o andador de bebê de empurrar é o menos prejudicial à sua saúde e ao seu desenvolvimento, mas deve ser usado pelos bebês que já conseguem ficar em pé sozinhos e vão usar o andador apenas como um apoio para se segurar.

O andador de bebê de empurrar, geralmente, é multifuncional, porque na sua parte da frente ele vem com várias funcionalidades e recursos que fazem o bebê interagir com diversas cores, sons e texturas, contribuindo muito com o desenvolvimento de todos os sentidos do bebê.

Esse modelo de andador é semelhante a um carrinho de mercado e o bebê vai ficar em pé e empurrar o objeto, ele é ótimo pois deixa o bebê solto e livre para se sentar e pegar objetos à sua volta, diferente daquele que ele precisa ficar sentado. 

Forro para andador de bebe

O forro para andador de bebê é a parte feita de tecido, ou seja, a parte estampada do andador que pode ser lavada e trocada quando necessário. Quando o tecido começar a ficar desgastado ou rasgar, é hora de comprar e colocar um outro forro e também para deixar o andador com uma cara nova. 

O forro deixa o andador de bebê mais confortável e protegido. Ele reveste o andador e protege o bebe de eventuais atritos, além de ser fácil de higienizar. Se o modelo do andador é aquele em que ele fica sentado, esse forro vai ser a parte macia e confortável para não machucar o bebê. 

Desvantagens do andador de bebê 

O andador de bebê apesar de ajudar o bebê a andar mais rápido e a se equilibrar, pode trazer algumas desvantagens, inclusive, em alguns lugares, sua venda é proibida, mas listamos algumas delas a seguir: 

  • O bebê pode aprender a andar de forma errada;
  • O bebê começa a andar com uma postura errada;
  • O bebê se atrapalha na hora de pisar no chão e a força que precisa usar, porque o andar de andador é diferente de andar normal;
  • O andador facilita a ocorrência de acidentes;
  • O andador pode tombar ou virar

Dessa forma, o andador mais indicado é aquele que o bebê fica em pé e o empurra, pois ele traz menos prejuízos que aqueles em que o bebê fica sentado e que prejudica muito o desenvolvimento dele.

De qualquer maneira, o bebê deve andar com ajuda do andador sob a supervisão de seus pais, para que não tenha risco de ele cair e se machucar. 

Caso os pais não queiram dar o andador de bebê para seu filho e desejam fazer com que ele ande mais rápido, aos primeiros sinais que o bebê apresentar de querer andar, basta dar muita confiança a ele e fazer com que ele se sinta seguro para andar. 

O que faz com que alguns bebês demorem mais tempo para andar que os outros

Antes de o bebê começar a andar, ele descobre outros meios de se locomover, seja rolando no chão e engatinhando, ai depois de um tempo ele aprende a ficar sentado, em seguida, começa a se apoiar em móveis e objetos para tentar ficar de pé e, a partir desse momento, começam a dar os primeiros passos. 

Esse desenvolvimento natural do bebê para começar a andar começa em torno de uns 9 meses de idade, uns antes e outros depois, dependendo de muitos fatores, quais sejam: amadurecimento adequado, coordenação motora e até o ambiente que ele vive facilita ou atrasa esse processo. 

Por isso, quando o bebê estiver maduro o suficiente para ficar em pé dar os primeiros passos, ele vai fazer isso sozinho, mas caso você perceba que ele está demorando muito mais que o normal, é interessante procurar o médico pediatra dele para que possa ser avaliado possíveis problemas que estejam impedindo ou limitando o bebê a andar. 

Bebe no andador

Cuidados com o uso do andador de bebê

Caso você opte por comprar um andador, saiba que não é simplesmente colocar seu filho lá e deixar, você precisa tomar alguns cuidados e estar atento a algumas situações de risco, por isso é bom prevenir antes que algo aconteça. Algumas das coisas que você precisa observar são: 

  • Certifique-se de que o andador de bebê esteja em conformidade com os padrões de segurança e selo de qualidade;
  • Sempre fique perto de seu bebê e nunca o deixe sozinho, pois ele pode ir para lugares perigosos e se machucar;
  • Deixe o bebê com o andador apenas em um lugar seguro, ou seja, em uma superfície plana e sem móveis, objetos, degraus e escadas, bem como longe de tomadas, fios, produtos de limpeza e tudo o que ele puder alcançar;
  • Escolha um andador que tenha uma trava de segurança e um mecanismo de freio;
  • Opte pelo modelo em que ele fique em pé e não sentado e não force que ele ande antes de estar preparado;
  • Não coloque seu bebê no andador por muito tempo, apenas alguns minutos por dia é suficiente. 

É recomendado, também, que antes do uso, você converse com o médico pediatra do seu bebê para que ele instrua corretamente sobre o uso, principalmente sobre o momento certo de dar e de retirar, para que não cause nenhuma alteração na desenvoltura da criança. 

Andador de bebê musical

O bebê começa a lidar com o mundo novo e conhecer as coisas a partir do tato, da visão e dos sons, isso porque, como ele ainda não passou por essas experiências, tudo o que chama a sua atenção vai ajudar no desenvolvimento de seus sentidos. 

Por isso, quando você for comprar um andador para o seu filho, escolha o modelo musical, que vai emitir sons atrativos que farão o beber desenvolver esse sentido enquanto ele anda, bem como aquele que possui diversas cores, para ele já ir se habituando com isso. 

Andador de bebê antiqueda

O andador de bebê tem como uma de suas desvantagens o fato de aumentar o risco da criança tombar e cair enquanto ela estiver andando, pois ele pode não ser muito resistente e, ao encontrar um obstáculo no chão, pode virar, fazendo com que o bebê se machuque. 

Sabendo disso, existe o andador de bebê antiqueda, um mecanismo que oferece maior segurança ao bebê, assim como um sistema de freios que faz com que o andador pare quando de deparar com escadas, degraus e demais situações que podem fazer com que ele caia. 

Lembre-se de comprar um andador de bebê que seja aprovado pelo Inmetro, com seu selo de segurança e qualidade, pois ele foi testado e oferece mais proteção ao seu filho, da mesma forma que diminui os riscos de queda e pancadas que podem fazer com que seu filho fique ferido. 

Andador de bebê didático

O andador didático é um produto que vai poder acompanhar o seu filho durante toda a fase de desenvolvimento. Ele, além de sua função principal, ou seja, de estimular o bebê a andar, ele pode se transformar em uma mesinha para várias atividades que ele pode brincar sentado ou em pé.

Ele possui objetos coloridos, com várias formas, cores, luzes e sons que ajudam a aprimorar todos os sentidos da criança, como luz led, forminhas para encaixar, piano musical, além de bichinhos, números e letras.

Geralmente, esse andador possui regulagem da velocidade das rodas para criar mais atrito no começo quando o bebê ainda precisa de mais apoio, e mais tarde podem ser soltas e elas são antiderrapantes. Possui também um compartimento que pode ser cheio com areia ou pedra para criar um maior contrapeso. 

Perguntas:

-Andador de bebe faz mal?

O andador de bebê é um produto muito controverso e, em alguns lugares, sua venda é proibida, fazendo com que os pais fiquem em dúvida sobre usar ou não. O andador pode facilitar e aumentar a chance de acidentes, porque o bebê começa a ganhar velocidade e, por não ter noção de espaço e de controle, pode acabar batendo em alguma parede ou móvel e se machucar.

O andador, também, pode atrasar o desenvolvimento do bebê e prejudicar as suas articulações, fazendo com que ele ande errado e, em alguns casos, pode fazer com que o bebê ande sozinho mais tarde que o normal, já que, ele começa a andar com o andador sem estar totalmente preparado para isso.

Além disso, o andador pode atrapalhar o desenvolvimento intelectual dos bebês, ou seja, de todos os sentidos, já que, quando ele fica preso no andador, ele fica impossibilitado de se agachar para pegar objetos e de descobrir novas experiências.

O andador de bebê interfere na postura natural da criança e pode fazer com que os quadris e joelhos suportem um peso em uma postura incorreta, o que pode ocasionar mudanças de longo prazo no desenvolvimento do bebê. 

Isso porque, com o andador em que o bebê fica sentado, ele aprende a  correr pelo chão usando seus dedos do pé, fazendo com que os músculos se esforcem de maneira errada, causando problemas em sua estrutura óssea e muscular depois. 

-A partir de quantos meses colocar o bebe no andador?

Cada bebê começa a querer andar e procurar os objetos para se apoiar para ficar de pé com uma idade determinada, dependendo de seu desenvolvimento. Mas, geralmente, isso acontece quando ele tem cerca de 9 (nove) meses de idade.

O uso do andador de bebê, por ser muito controverso e gerar dúvidas em muitos pais, deve ser recomendado pelo pediatra do bebê, pois ele sabe exatamente quando colocar o bebê no andador e quando ele deve ser retirado.

De qualquer forma, o bebê deve andar de andador quando um bebê estiver observando para que nenhum acidente aconteça e, também, seu uso deve ser moderado, apenas para ajudar o bebê a desenvolver melhor a fase de andar, mas, sempre que possível, deve ser estimulado que ele ande sozinho. 

-Qual a melhor marca de andador de bebe?

O melhor andador de bebê e o mais indicado é aquele que o bebê fica em pé e o empurra, servindo apenas como um instrumento de apoio e sustentação, pois esse, quando comparado ao andador de bebê que ele fica sentado, traz menos prejuízos às suas articulações e sua musculatura. 

Sabendo disso, separamos algumas marcas de andador de bebê, confira: 

  • Andador Baby, da Tooky Toy; 
  • Andador Didático Musical Songs, da Baby Style; 
  • Andador Zebra Primeiros Passos, da Fischer Price;
  • Andador Goal Walker 4 Em 1, da Cosco;
  • Andador Centro De Atividades Melody Garden, da Safety 1st

Sendo assim, se você for comprar um andador para seu filho, prefira aquele mais colorido e que faça barulhos, para que ao mesmo tempo que ele aprende a andar, ele também se divirta com as cores e sons, tudo o que contribui para o desenvolvimento de todos os seus sentidos. 

Importante lembrar que antes de fazer o uso desse produto, é recomendado consultar o médico pediatra do seu filho e buscar todas as informações necessárias para o uso adequado do andador, de acordo com as necessidades do bebê, bem como o momento certo de dar e de para de usar.

Quanto custa um andador de bebê?

O andador de bebê pode variar muito de preço e tudo vai depender de sua marca e de todos os recursos e funcionalidades que ele apresenta. Alguns andadores podem custar na faixa de R$200,00 (duzentos reais) e outros podem chegar até R$1000,00 (mil reais). Portanto, escolha o que melhor apresenta custo-benefício para seu orçamento e faça sua compra. 

Vale a pena comprar um andador de bebê usado?

Algumas pessoas são mais cuidadosas que outras e conseguem deixar o andador de bebê super conservado e limpo e, quando elas não tem mais onde guardar ou nem pensam mais em ter mais filhos, acabam querendo doar ou vender, para ajudar alguém ou para conseguir um dinheiro extra.

Se você não tem condições de adquirir um andador de bebê novo, talvez seja interessante você adquirir um usado, desde que esteja em bom estado de conservação e, antes de usar, é só fazer uma boa higienização. Até porque, o andador é um produto que se usa por pouco tempo e não há necessidade de gastar muito com isso. 

Portanto, depois que seu filho crescer e você não sabe mais o que fazer com o andador usado que está bem conservado, pense em ajudar uma pessoa com dificuldade financeira e permitir que ela também consiga usar esse produto,  além de praticar um boa ação com a doação.

Como escolher o melhor andador para o meu bebê 

Quando você decidir comprar um andador para seu filho, você vai se deparar com muitas marcas e modelos e ficar em dúvida sobre qual escolher. Portanto, opte por um que tenha várias funcionalidades para ajudar no desenvolvimento de todos os sentidos do bebê enquanto ele anda, bem como o que tenha muitas cores e emitam sons.

Além disso, opte por aquele correspondente à faixa etária do seu filho e que seja aprovado pela Anvisa e tenha selo de qualidade e segurança do Inmetro, pois esses produtos foram testados e oferecem maior segurança.

Nunca deixe seu filho andar com o andador sem que você ou outra pessoa esteja olhando, pois um segundo de distração pode ser fatal, já que o bebê não tem controle sobre o produto nem noção de como parar, fazendo com que ele bata ou caia e se machuque. 

Como estimular o bebê a andar sozinho

Embora o andador seja um objeto que auxilia o bebê a andar dando suporte e sustentação, alguns pais preferem não oferecê-lo ao seu filho, seja por questões econômicas ou por seguir a linha de raciocínio de alguns especialistas que não recomendam o uso de andador de bebê. Sendo assim, separamos algumas dicas para você ajudar o seu filho na hora que ele demonstrar os primeiros sinais de querer ficar em pé sozinho e dar os primeiros passos, confira: 

  • Você pode segurar as mãozinhas do bebê enquanto ele está em pé  e caminhar com ele dando alguns passinhos, mas sempre com muito cuidado e sem forçar muito, deixando que ele controle a intensidade e velocidade.
  • Outra dica que funciona muito é colocar um brinquedo na frente dele para que ele se levante e caminhe até o objeto para conseguir alcançá-lo.
  • Você também pode estimular os músculos e as articulações do bebe quando ele estiver deitado, segurando seus pezinhos e fazendo movimentos de como se estivesse andando.
  • Outra opção é ficar em pé a alguns passos do bebê e fazer com que ele venha até você, mas lembre-se de transmitir muita calma e segurança e ele para que ele confiante em ir e, também, faça isso em alguma superfície menos dura, como na grama ou tapete, porque, se ele cair, não vai se machucar. 

E assim, o seu filho vai se sentindo cada vez mais seguro e, quando você menos esperar, ele já vai estar andando sozinho. Porém, como ele ainda não tem muita firmeza, ele vai cair várias vezes, mas lembre-se de confortá-lo e incentivar a continuar para não ter medo. 

Como limpar o andador de bebê?

Todo mundo sabe que as coisas de bebê sujam demais, não é mesmo? E, da mesma forma que suja, elas precisam estar limpas, já que as crianças colocam tudo na boca e, para não ser um veículo transmissor de vírus e bactérias, é necessário fazer a higienização correta desses produtos. 

Sabendo disso, todas as partes do andador que forem desmontáveis e laváveis, é só lavar com água e sabão neutro e deixar secar naturalmente. Já nas outras partes, um pano limpo com álcool é suficiente para a limpeza. Não é necessário limpar o andador diariamente, mas sempre que ele ficar sujo ou for usado em outro ambiente que não seja sua casa, é recomendado a limpeza. 

bebe no andador parado

Onde comprar andador de  bebê 

No nosso buscador e comparador de preços Cliquefarma, você pode encontrar diversos tipos e modelos de andador de bebê. Com apenas um clique, você encontra o melhor preço e a melhor opção de entrega do seu produto. Acesse agora mesmo e adquira o seu! 

E, aí? Gostou do texto? Já sabe qual andador de bebê comprar para seu filho? Não se esqueça de curtir e compartilhar com outras mães e com seus familiares! E, se restar alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato conosco!