Menor preço de Ocitoc você encontra no Cliquefarma

2 Ofertas encontradas para Ocitoc

Syntocinon Spray Nasal - 5 Ml
R

Referência

Princípio ativo: Ocitocina

Categoria: Medicamentos

EAN: 7896261002890

Para que serve: Syntocinon? Indução do parto por razões médicas, como por exemplo em casos de gestação prolongada, ruptura prematura da bolsa, hipertensão induzida pela gravidez (pré-eclâmpsia). Estímulo das contrações em casos selecionados de inércia uterina. Durante a operação cesárea depois da extração da criança. Prevenção e tratamento da atonia uterina e hemorragia pós-parto. Tratamento da hemorragia puerperal, subinvolução uterina e loquiometria, como alternativa aos alcalóides uterotônicos do ergot, em mulheres que devem evitar esses fármacos. Syntocinon também pode estar indicado nos estágios iniciais da gravidez como terapia auxiliar do aborto incompleto, inevitável, ou falho com feto morto.(Veja a bula)

1 Oferta encontrada A partir de R$ 38,60 até R$ 38,60


Ofertas Encontradas
Drogaria Onofre
Drogaria Onofre

Syntocinon Spray 5ml Novartis 5ml Solução Spray Nasal na Drogaria Onofre.

A Black Farma já começou aqui na Onofre. Compre Online com até 40% de Desconto


Preço:

R$ 38,60

Oferta em destaque
Drogaria Raia
Drogaria Raia

Syntocinon 40ui Novartis 5ml Solução Spray Nasal na Drogaria Raia.

Medicamentos Genéricos com Até 95% de Desconto. Aproveite!


Drogaria Drogasil
Drogaria Drogasil

Syntocinon 40ui Novartis 5ml Solução Spray Nasal na Drogaria Drogasil.

Na Drogasil Tem Medicamentos com Até 95% Off


Syntocinon Spray Nasal 5ml (refrigerado)
R

Referência

Princípio ativo: Ocitocina

Categoria: Medicamentos

Fabricante: Novartis

EAN: 7896261014701

PMC/SP: R$ 37,75

Para que serve: Syntocinon? Indução do parto por razões médicas, como por exemplo em casos de gestação prolongada, ruptura prematura da bolsa, hipertensão induzida pela gravidez (pré-eclâmpsia). Estímulo das contrações em casos selecionados de inércia uterina. Durante a operação cesárea depois da extração da criança. Prevenção e tratamento da atonia uterina e hemorragia pós-parto. Tratamento da hemorragia puerperal, subinvolução uterina e loquiometria, como alternativa aos alcalóides uterotônicos do ergot, em mulheres que devem evitar esses fármacos. Syntocinon também pode estar indicado nos estágios iniciais da gravidez como terapia auxiliar do aborto incompleto, inevitável, ou falho com feto morto.(Veja a bula)

1 Oferta encontrada A partir de R$ 39,38 até R$ 39,38


Ofertas Encontradas
Droga Nossa em Casa
Droga Nossa em Casa

Syntocinon Spray 5ml na Droga Nossa em Casa.

Dúvidas quanto ao Preço ou Frete? Clique e vá direto ao site da Farmácia.


Preço:

R$ 39,38

Drogaria Bifarma
Drogaria Bifarma

Syntocinon Spray 5ml Novartis na Drogaria Bifarma.

Frete Grátis nas compras acima de R$199,00 *Consulte regras no site


Farma 22
Farma 22

Syntocinon Spray 5ml Geladeira na Farma 22.

FRETE REDUZIDO: para a todo o Brasil


Syntocinon

ATENÇÃO: O texto abaixo deve ser utilizado apenas como uma referência secundária. É um registro histórico da bula, rótulo ou manual do produto. Este texto não pode substituir a leitura das informações que acompanha o produto, cujo fabricante podem mudar a formulação, recomendação, modo de uso e alertas legais sem que sejamos previamente comunicados. Apenas as informações contidas na própria bula, rótulo ou manual que acompanha o produto é que devem estar atualizadas de acordo com a versão comercializada porém, no caso de qualquer dúvida, consulte o serviço de atendimento ao consumidor do produto ou nossa equipe.


 

Indicação:

Para que serve Syntocinon? Indução do parto por razões médicas, como por exemplo em casos de gestação prolongada, ruptura prematura da bolsa, hipertensão induzida pela gravidez (pré-eclâmpsia).

Estímulo das contrações em casos selecionados de inércia uterina.

Durante a operação cesárea depois da extração da criança.

Prevenção e tratamento da atonia uterina e hemorragia pós-parto.

Tratamento da hemorragia puerperal, subinvolução uterina e loquiometria, como alternativa aos alcalóides uterotônicos do ergot, em mulheres que devem evitar esses fármacos.

Syntocinon também pode estar indicado nos estágios iniciais da gravidez como terapia auxiliar do aborto incompleto, inevitável, ou falho com feto morto.

 

Contra Indicação:

Quando não devo usar este medicamento? Hipersensibilidade ao fármaco.

Hipertonia das contrações uterinas, sofrimento fetal quando a expulsão não é eminente.

Qualquer estado em que, por razões fetais ou maternas, se desaconselha ou está contra-indicado o parto por via natural, ou seja, o parto vaginal; por exemplo, desproporção céfalo-pélvica significativa, má apresentação fetal; placenta prévia e vasos prévios, abrupção da placenta, apresentação ou prolapso do cordão umbilical; distensão uterina excessiva ou diminuição da resistência do útero à ruptura, como por exemplo, em multíparas, poli-hidrâmnios, grande multiparidade e na presença de cicatriz uterina resultante de intervenções cirúrgicas importantes, inclusive da operação cesárea clássica.

Syntocinon não deve ser usado por períodos prolongados em pacientes com inércia uterina resistentes à oxitocina, toxemia pré-eclâmpsia grave ou transtornos cardiovasculares severos.

 

Posologia:

Como usar Syntocinon? Indução do parto ou estímulo das contrações:
Syntocinon deve ser administrado em forma de perfusão intravenosa gota-a-gota ou, de preferência, por meio de uma bomba de perfusão de velocidade variável, Para a perfusão gota-a-gota recomenda-se adicionar 5 U.I. de Syntocinon em 500 ml de solução salina fisiológica. Para as pacientes em quem se deve evitar uma perfusão de cloreto de sódio, pode-se utilizar solução de glicose a 5% como diluente (consulte "Precauções" ). A fim de garantir uma mistura uniforme da solução, a bolsa ou frasco deve ser voltado de cabeça para baixo várias vezes antes do uso.

A velocidade inicial de perfusão deverá ser regulada para 1 a 4 mU/min. (2 a 8 gotas/min.). Pode-se acelerar gradativamente em intervalos não inferiores a 20 min., até estabelecer-se um padrão de contrações análogo ao parto normal. Na gravidez quase a termo, isto pode ser freqüentemente obtido com uma velocidade de perfusão inferior a 10 mU/min. (20 gotas/min.), sendo a velocidade máxima recomendada de 20 mU/min. (40 gotas/min.). Nos raros casos em que se necessitem de doses mais elevadas, como pode acontecer no tratamento da morte fetal intra-uterina ou para a indução do parto em um estágio precoce da gravidez, quando o útero é menos sensível à oxitocina, aconselha-se utilizar uma solução mais concentrada de Syntocinon, por exemplo, 10 U.I. em 500 ml.

Quando se utiliza uma bomba de perfusão acionada por motor que libera volumes menores do que os administrados por perfusão gota-a-gota, deve-se calcular a concentração adequada para a perfusão dentro dos limites posológicos recomendados, de acordo com as especificações da bomba.

A frequência, intensidade e duração das contrações, assim como a frequência cardíaca fetal, devem ser cuidadosamente observadas durante a perfusão. Uma vez alcançado um nível adequado de atividade uterina, pode-se quase sempre reduzir a velocidade da perfusão. Em caso de hiperatividade uterina e/ou sofrimento fetal, a infusão deve ser imediatamente interrompida.

Se, em mulheres que estejam a termo, ou quase a termo, não forem estabelecidas contrações regulares após a perfusão de uma quantidade total de 5 U.I., recomenda-se cessar a indução do parto, podendo-se repetir no dia seguinte com uma velocidade inicial de 1 a 4 mU/min.

Nota: A perfusão acidental perivenosa da oxitocina é inofensiva.

Operação cesárea: 5 U.I. por via intramural ou por injeção intravenosa lenta, imediatamente após a extração do feto.

Prevenção da hemorragia uterina pós-parto: a dose usual é de 5 U.I., por injeção i.v. lenta ou de 5 a 10 U.I. i.m., após a expulsão da placenta. Nas pacientes a quem se administra Syntocinon para a indução do parto ou estímulo das contrações, pode-se-ia continuar a perfusão a uma velocidade acelerada durante o terceiro estágio do parto e durante mais algumas horas.

Tratamento da hemorragia uterina pós-parto: 5 U.I. por injenção i.v. lenta ou 5 a 10 U.I. i.m., seguida nos casos graves de perfusão intravenosa de uma solução com 5-20 U.I. de oxitocina em 500 ml de um diluente não hidratante, a uma velocidade necessária para controlar a atonia uterina.

Hemorragia puerperal, subinvolução uterina, loquiometria: 2 a 5 U.I. por injenção i.m., repetida segundo as necessidades de cada paciente.

Aborto incompleto, inevitável ou falho com feto morto: 5 U.I. por injeção i.v. lenta ou 5 a 10 U.I. i.m. seguida, se necessário, por uma perfusão intravenosa a uma velocidade de 20 a 40 mU/min. ou mais.

 

Efeitos Colaterais:

Quais os males que este medicamento pode me causar? Quando se utiliza a oxitocina por perfusão i.v. para a indução do parto ou para o estímulo das contrações, a sua administração em doses demasiado elevadas produz um superestímulo uterino que pode causar sofrimento fetal, asfixia e morte, ou pode conduzir a hipertonicidade, tetania ou ruptura uterinas.

Tem-se observado intoxicação aquosa associada à hiponatremia materna e neonatal em casos onde foram administradas altas doses de oxitocina junto com grandes quantidades de líquido isento de eletrólitos, durante período de tempo prolongado ( consulte "Precauções" ).

A injeção intravenosa rápida de oxitocina em doses de algumas U.I. pode provocar uma hipotensão aguda de breve duração acompanhada de rubor e taquicardia reflexa. Com um outro modo de administração, a oxitocina pode ocasionalmente causar náuseas, vômitos ou arritmias cardíacas. Em alguns casos, foram relatadas erupções cultâneas e reações anafilactóides associadas à dispnéia, hipotensão ou choque.

 

Farmacocinética:

Como funciona este medicamento?Quando administrada por via intravenosa ou intramuscular para a prevenção ou tratamento da hemorragia pós-parto, Syntocinon age rapidamente, com um período de latência inferior a 1 minuto por injeção intravenosa, e de 2 a 4 minutos por via intramuscular. A reposta oxitócica mantém-se por 30 a 60 minutos após a administração intramuscular, podendo ser mais breve com a injeção intravenosa.

Quando se administra Syntocinon por perfusão intravenosa contínua em doses adequados para a indução do parto ou estímulo das contrações, a resposta uterina se estabelece gradativamente e alcança um estado de equílibrio geralmente dentro de 20 a 40 minutos. Os níveis plasmáticos correspondentes de oxitocina são comparáveis aos medidos durante o primeiro estágio espontâneo do parto. Com a interrupção da perfusão, ou depois de uma redução substancial da velocidade de perfusão, como por exemplo no caso de um superestímulo, a atividade uterina diminui rapidamente, mas pode continuar em nível inferior adequado.

A facilidade relativa com que podem ser reguladas a velocidade e a força das concentrações uterinas através da perfusão intravenosa de Syntocinon, deve-se à curta meia-vida da oxitocina. Os valores relatados por diversos pesquisadores osciliam entre 3 a 17 minutos. A união das proteinas plasmáticas é muito baixa. A excreção da oxitocina do plasma tem lugar principalmente pelo fígado e rins. Menos de 1% da dose dada é excretado de forma inalterada na urina. O volume aparente de distribuição é de 300 ml/kg aproximadamente no homem e a velocidade de depuração metabólica no homem e na mulher grávida, alcança aproximadamente 20 mg/kg por minuto. Não se sabe em que grau a oxitocina atravessa a placenta ou passa para o feto materno.

 

Advertências:

O que devo saber antes de usar este medicamento?A indução do parto por meio da oxitocina somente deverá ser efetuada quando estiver estritamente indicada por razões médicas e não por conveniência. A administração deve ser feita somente em condições hospitalares e sob controle médico qualificado. Quando administrado para a indução e estímulo do parto, Syntocinon somente deve ser administrado como perfusão intravenosa gota-a-gota e nunca por injeção rápida subcutânea, intramuscular ou intravenosa. É importante uma vigilância prudente da freqüência cardíaca fetal e da motilidade uterina (freqüência, intensidade e duração das contrações) a fim de poder adaptar a dose à resposta individual.

Quando Syntocinon é administrado para a indução do parto ou estímulo das contrações, requer-se atenção particular em presença de desproporção céfalo-pélvica limite, de inércia uterina secundária, de graus leves ou moderados de hipertensão induzida por gravidez ou cardiopatias, assim como em pacientes com mais de 35 anos de idade ou com antecedentes de operação cesárea do segmento uterino inferior.

No caso de morte fetal intra-uterina e/ou em presença de mecônio no líquido amniótico, deve-se evitar um trabalho de parto agitado, pois pode provocar embolia por líquido amniótico.

Como a oxitocina possui uma leve atividade antidiurética, a sua administração intravenosa prolongada em doses altas, junto com grandes volumes de líquido, como pode ocorrer no tratamento do aborto inevitável ou falho com feto morto, ou no tratamento da hemorragia pós-parto, pode provocar intoxicação associada a hiponatremia. A fim de evitar essa complicação rara, deverão ser observadas as seguintes precauções sempre que se administrar altas doses de oxitocina durante tempo prolongado: deve-se utilizar um diluente que contenha eletrólitos (não a glicose); o volume do líquido perfundido deve ser mantido reduzido (perfundindo-se a oxitocina em uma concentração mais alta que a recomendada para a indução do parto ou o estímulo das contrações); a ingestão oral de líquidos deve ser restringida; deve-se manter um controle do equilíbrio de líquidos e se deve determinar os eletrólitos séricos quando se suspeita de um desequilíbrio eletrolítico.

Quando se administra Syntocinon para a prevenção ou tratamento da hemorragia uterina deve-se evitar uma injeção intravenosa rápida, já que pode prococar uma queda aguda, de curta duração, da pressão arterial.

 

Superdosagem:

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento? Os sintomas e as conseqüências da superdosagem são os mencionados no item " efeitos secundários ". além disso,como conseqüência do superestímulo uterino, observou-se abrupção da placenta e/ou embolia do líquido amniótico.

Tratamento: quando se produzem sinais ou sintomas de superdosagem durante a administração i.v. contínua de syntocinon, a perfusão deve ser interrompida imediatamente devendo-se administrar oxigênio à mãe. em caso de intoxicação aquosa é necessário restringir a administração de líquidos, promover a diurese, corrigir o desequilíbrio eletrolítico e controlar as convulsões que possam eventualmente ocorrer, mediante o uso judicioso de diazepam.

 

Composição:

Cada ampola de 1 ml contém:
Oxitocina 5 U.I.

Componentes inativos: a solução da ampola de 1 ml contém 1,06 mg de acetato de sódio, 5 mg de clorobutanol, 5 mg de álcool, ácido acético para ajustar o pH4 e água para injeção para completar 1 ml.

 
Quer receber ofertas exclusivas? Subscreva a nossa newsletter!
CliqueFarma

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.

Cliquefarma | CliqueFarma Drogarias Online Ltda. CNPJ 14.169.412/0001-64 | Farmacêutico Responsável: Dr. Rodrigo Singolani CRF/SP 25.429 | Rua Voluntários da Pátria, 2.820 - Conjunto 58 Cep: 02402-100 - São Paulo| Fale Conosco

Filtro